Accor incentiva pessoas a darem árvores como presentes de final de ano

accorValores estão a partir de R$ 14

Já imaginou dar um presente de final de ano criativo e ainda contribuir com a conservação do planeta? A Accor lançou a campanha Give a Tree buscando incentivar o consumo consciente no Natal, época de altos índices de compras. A ação faz parte do programa global da rede de reflorestamento - Plant for the Planet.

Os interessados podem comprar árvores por meio de uma plataforma online. Lá, as pessoas poderão escolher qual projeto de reflorestamento desejam apoiar, personalizar o pedido com uma mensagem para quem for presenteado e efetuar o pagamento. Os valores variam entre R$ 14 e R$ 46, dependendo do projeto escolhido. Entre as opções estão reflorestamentos no Brasil, Peru, Senegal, França, Romênia e Indonésia.

Após efetuar a compra, o cliente receberá por email o certificado de plantio e cartão-presente. Com a criação de uma conta na seção “Milha Floresta”, o comprador ou o presenteado podem acompanhar o progresso do projeto, com fotos e informações sobre o plantio.

“Desenvolvida em parceria com o Pur Project, o valor arrecadado na campanha Give a Tree vai financiar o plantio de mudas de árvores na Serra da Canastra (Brasil) e Amazônia Peruana”, explica Antonietta Varlese, vice-presidente de Comunicação, Relações Institucionais e Responsabilidade Social Accor América do Sul. “Os preços são acessíveis, a partir de R$ 14”, completa.

Accor: o projeto

O programa criado para incentivar o hóspede a adotar hábitos de consumo conscientes, o Plant for the Planet, leva recursos financeiros destinados ao projeto agroflorestal, além da redução de consumo de energia e água. No Brasil, a ONG Nordesta é, desde 2009, a responsável pelo plantio em todos os países do continente, exceto Peru.

No Brasil, o projeto é realizado na Serra da Canastra (MG), onde já foram plantadas mais de 585 mil árvores de mais de 100 espécies nativas, reflorestando mais 295 hectares (o equivalente a 394 campos de futebol) nas bacias do rio São Francisco, Araguarí e Rio Grande. Só no ano passado, foram plantadas 18,4 mil mudas, equivalentes a 13 mil hectares.

No Peru, o projeto é realizado desde 2013 no Alto de Hayabamba, que é a Amazônia peruana, em parceria com a ACOPAGRO (Cooperativa membro da FUNDAVI – Fundação Amazonia Viva). No local, até o momento foram plantadas mais de 31 mil árvores em uma área de 31 hectares (equivalente a 42 campos de futebol).

(*) Crédito da foto: annca/Pixabay

Comentários