Accor oferta tarifa solidária para apoiar no combate ao coronavírus

Accor - parceria hospitais_Novotel MorumbiNovotel Morumbi vai atender a uma rede privada de hospitais

Com  abrupta queda de demanda na hotelaria, empresas do setor buscam alternativas para manter a operação girando. Dessa vez, quem anunciou novidades foi a maior rede do país, a Accor. A empresa francesa disponibilizará tarifa solidária em suas unidades para parcerias com hospitais e órgãos do governo. O Novotel Morumbi, em São Paulo, é o primeiro hotel fechado para esse tipo de iniciativa.

O hotel paulistano será utilizado por uma rede privada de hospitais, abrigando médicos, enfermeiros e outros colaboradores que precisarem de descanso. A medida visa evitar grandes deslocamentos dos profissionais da saúde e também evitar contágio. Ainda está sendo estudada a possibilidade dos hotéis receberem leitos de internação de pacientes sem doenças contagiosas.

A Accor também abre as portas para idosos e pessoas de grupo de risco, que vivem com familiares e crianças, e necessitam ficar isolados. Outros dois hotéis da rede francesa em Guarulhos (SP) desenvolveram ação similar, dessa vez em parceria com o GRU Convention (Guarulhos Convention & Visitors Bureau).

Accor: combate ao coronavírus 

Patrick Mendes, CEO Accor América do Sul, entende a ação como algo ligado ao DNA da empresa. ”Em um momento delicado como esse, não podemos ficar de braços cruzados. Nossos hotéis estão à disposição das autoridades e redes hospitalares para auxiliar durante esse período crítico. É claro que isso está sendo feito de uma forma organizada, ou seja, as entidades que têm interesse estão nos procurando para acertarmos todos os detalhes, de forma a manter as condições sanitárias em acordo com as autoridades de saúde dos países”, diz.

Já na França, além de oferecer leitos para apoio à equipe de médicos e hospitais, a Accor também colocou à disposição cerca de 2 mil quartos para receber moradores de rua. Foi criado ainda o serviço Ceda (Coronavírus Emergency Desk Accor) para centralizar as necessidades e fornecer soluções de acomodação em toda a França.

(*) Crédito da foto: Divulgação/Accor

Comentários