Aéreas superam meta de novos voos acordados com o Governo de São Paulo

aéreas sp478 voos anunciados desde São Paulo já estão em operação

As companhias aéreas fecharam agosto com 503 novos voos anunciados desde fevereiro. Rotas são contrapartidas pela redução da alíquota de ICMS sobre o combustível de aviação de 25% para 12%. Número supera meta da contrapartida. O acordo inicial entre as aéreas e o Governo de São Paulo era de 490 novas partidas semanais até o fim de 2019. Destes 503, 478 voos já entraram em operação. 

“Celebramos estes números com os parceiros em um ano difícil para a aviação. Entre as boas novas, destacamos a recontratação de centenas de colegas que ficaram sem trabalho por conta do fim das operações da Avianca”, diz Eduardo Sanovicz, presidente da Abear (Associação Brasileira de Empresas Aéreas).

Para Vinicius Lummertz, secretário de Turismo do Estado de São Paulo, os novos voos já estão impactando a economia do estado: “O IBGE mostrou que o turismo em SP cresceu 7,7% no primeiro semestre, e o emprego 4,4%, números bem superiores à média nacional."

Aéreas: stopover

Seguindo as medidas de contrapartida, as aéreas também devem investir R$ 40 milhões em campanha de promoção do turismo paulista. Campanha será cooperada entre a Secretaria Estadual de Turismo, o Visite São Paulo e a Abear.

Outra medida é o “stopover”, que será destacado nas campanhas de promoção. O da oportunidade ao passageiro que não tem São Paulo como destino final tirar um tempo para conhecer a cidade. 

Até agora, a Gol já anunciou o serviço para clientes que fizerem conexões nos aeroportos de Congonhas, Guarulhos e Viracopos.

(*) Crédito da foto: PublicDomainPictures/Pixabay 

Comentários