Alagev: Viagens corporativas faturaram R$ 16,5 bi no 1º trimestre

alagev1º trimestre teve alta de 3,2% em relação com mesmo período de 2018

A Alagev (Associação Latino Americana de Gestores de Eventos e Viagens Corporativas), acaba de lançar a segunda edição da PCVP (Pesquisa Conjuntural de Viagens Corporativas). O estudo revelou um crescimento de 3,7% no primeiro trimestre de 2019 em relação ao mesmo período de 2018, com faturamento de R$ 16,5 bilhões. O levantamento foi realizado em parceria com Mariana Aldrigui, professora e pesquisadora da Universidade de São Paulo.

Ainda que o resultado tenha sido positivo se comparado ao ano anterior, a previsão é de variações menores para as próximas edições. De acordo com Eduardo Murad, diretor executivo da Alagev, “o cenário macroeconômico contribui para esse arrefecimento, uma vez que ainda há incerteza em relação aos rumos do País, o que impacta na geração de negócios”, explica.

A pesquisa indica que o primeiro trimestre de 2019 fecha no mesmo patamar de crescimento, se comparado ao último trimestre de 2018. Contudo, na avaliação mês a mês, há uma queda de pouco mais de um ponto percentual no desempenho do segmento. 

“Se avaliarmos o gráfico de evolução, vimos o índice de janeiro com crescimento de 4,8% e fevereiro, já com um pequeno decréscimo, alcançando 4%. O trimestre fecha com índice de 3,7%, um resultado positivo quando comparado com o primeiro trimestre de 2018, mas com uma leve curva decrescente”, explica Murad.

alagevSegmento mostra desaceleração desde fevereiro

Alagev: o que contribui para a redução

Para a associação, a lentidão da tramitação da agenda de reformas é um dos principais fatores que causa a desaceleração do crescimento. Para Mariana Aldrigui “a frustração dos empresários em relação às reformas e a projeção de crescimento cada vez menor repercute na postergação de investimentos, eventos, custos de viagens, entre outros”, esclarece a professora.

No começo do ano, a projeção de crescimento do País era de 2,5%. Contudo, esse índice foi revisto mais de uma vez até hoje, chegando na expectativa de 1% de alta no PIB (Produto Interno Bruto). Para 2019, a Alagev tem a expectativa que o segmento de viagens e eventos corporativos tenha um faturamento de R$ 70,16 bilhões, 4,2% maior que em 2018.

(*) Crédito da capa: Rudy and Peter Skitterians/Pixabay

(**) Crédito da foto: Divulgação/Alagev

Comentários