Ásia-Pacífico reforça viés de perdas em novembro, diz STR

STR - resultados Ásia-Pacífico_novembro_BombaimTemplo no Centro de Bombaim: novo calendário gerou bons resultados

Assim como em outubro e no terceiro trimestre, a hotelaria da região Ásia-Pacifico manteve a performance ruim em novembro. Os hotéis locais apresentaram queda em dois dos três principais indicadores do setor. Uma troca no calendário permitiu a Bombaim, na Índia, escapar desse cenário negativo, com excelente desempenho do mercado da cidade.

Sempre na comparação frente igual período de 2018, a hotelaria da região registrou queda tanto na diária média, quanto no RevPar. Enquanto o primeiro cedeu 2,2% (para US$ 99,19), o segundo recuou 1,7% (para US$ 71,95). Único índice no positivo, a ocupação teve variação positiva de 0,5%, fechando novembro a 72,5%.

STR: Bombaim

Analistas da STR creditam à mudança das datas de realização do festival Diwali o bom resultado de novembro na cidade. Com isso, a já tradicional queda do turismo corporativo na cidade em função do evento acabou se concentrando em outubro. Sendo assim, Bombaim teve a melhor ocupação para o mês desde o início da série histórica da STR.

Em novembro, na comparação anual, a ocupação na cidade indiana avançou 16,1%, fechando o período em 85,4%. Em ritmo de alta mais leve, a diária média local cresceu 4,3%, para 9.530,90 rúpias. Com a boa demanda, o RevPar acelerou 21%, fechando o período com expansão de 21% (para 8.141,73 rúpias).

(*) Crédito da capa: Guilherme Romano/Unsplash

(**) Crédito da foto: Parth Vyas/Unsplash​

Comentários