Bahamas realiza encontro com agentes de viagens e imprensa em São Paulo

bahamas- eventoEvento começou com apresentação do destino e coletiva de imprensa

Com 700 ilhas e ilhotas, o arquipélago das Bahamas é um dos muitos destinos paradisíacos do Caribe. Para divulgar o local em terras brasileiras, Giovanni Grant, gerente geral de multidestinos e aviação do Ministério de Turismo do país; Raquel Carey, gerente distrital para América Latina; Victor Manjarres, diretor da TM Latin America e Juanita Ariza, gerente para o Brasil também da TM promoveram um almoço e coletiva de imprensa com agências e jornalistas na manhã de hoje (8).

O encontro foi realizado na Casa Quintal, em São Paulo, e teve início com uma breve apresentação de Grant sobre o destino e alguns números relevantes. Em 2018, as Bahamas receberam 7 milhões de turistas, sendo 35 mil deles brasileiros. Dentre as 700 ilhas, existem 16 principais mais visitadas do arquipélago. “Nas Bahamas, você tira férias das férias. O viajantes pode escolher qual ilha ir, e cada uma delas possui particularidades próprias e oferecerem diferentes experiências”, diz Grant. 

Com 13,8 mil km² de extensão, as ilhas possuem grande conectividade os Estados Unidos e Panamá. Pela rota norte-americana, o destino faz conexão com Miami, Orlando, Dallas, Houston e Nova York. Lembrando que o trajeto demanda visto para passar pelos aeroportos do país de Donald Trump. Outra opção são os voos da Copa Airlines, passando pelo Panamá. 

Um dos diferenciais das Bahamas é o programa People to People, criado pelo Ministério do Turismo. O projeto visa aproximar ainda mais os turistas do povo bahamense de acordo com interesses em comum. Um viajantes que gosta de pescar, por exemplo, pode escolher se hospedar pelo tempo que quiser na casa de uma família que compartilha do mesmo hobbie. “As pessoas são muito amigáveis e receptivas. Os bahamenses não pensem duas vezes antes de convidar para suas casas”, afirma o gerente. 

Segundo Grant, o Brasil é o principal emissor de turistas da América Latina e um importante mercado para a economia das Bahamas. “Os brasileiros têm o diferencial de querer explorar o destino, vivenciar a experiência como um todo. Esses turistas querem conhecer todas as ilhas, a cultura local e esse fluxo chega também aos pequenos vilarejos”, conta.

bahamas- eventoEm seguida, Juanita apresentou a cadeia hoteleira e atrativos turísticos

Bahamas: turismo e hotelaria

No total, o arquipélago conta com 17 mil leitos em oferta. A cadeia hoteleira é diversificada e conta com opções de resorts de luxo, all inclusive, para famílias ou apenas para adultos. Entre os principais das ilhas estão o Atlantis Paradise Island, Ocean Club Four Seasons, Riu Palace Paradise Island, Baha Mar, Meliá Nassau Beach, Sandal Royal Bahamian e The British Colonial Hilton

Entre as atividades turísticas mais tradicionais das Bahamas estão o mergulho, nado com golfinhos, tubarões ou tartarugas, observação de pássaros em Freeport, pesca esportiva e a famosa ilha dos porcos. Para aqueles que buscam outro tipo de experiência, Nassau, a capital do arquipélago e uma das cidades mais visitadas do destino oferece vida noturna agitada e cassinos.

O Junkanoo, principal festival das Bahamas, é a atração cultural  mais famosa do destino. O evento acontece nos dias 26 de dezembro de 1 de janeiro, quando acontecem os  desfiles similares ao Carnaval brasileiro. Os turistas que não estiverem nas ilhas nas datas podem assistir apresentações em hotéis e resorts. 

(*) Crédito das fotos: Nayara Matteis/Hotelier News

Comentários