Bahia Principe Hotels & Resorts posiciona República Dominicana como destino ecológico

Bahia Principe Hotels & Resorts - samanáRede possui 12 hotéis na República Dominicana

A cadeia hoteleira Bahia Principe Hotels & Resorts criou uma estratégia ambiental visando posicionar Samaná, na República Dominicana, como um destino ecológico reconhecido internacionalmente. O projeto inclui acordos com atores regionais e nacionais, além do programa develoPPP, promovido pelo Ministério Federal Alemão de Cooperação Econômica e Desenvolvimento, que será implementado pelo Grupo Piñero e pela GIZ (Cooperação Alemã para o Desenvolvimento).

Pablo del Toro, responsável pela gestão ambiental no Grupo Piñero, assegura que "esta iniciativa em Samaná está alinhada ao compromisso do Grupo em estabelecer alianças estratégicas para a melhoria da biodiversidade nos destinos onde atua. Graças ao apoio do governo da Alemanha e da GIZ está sendo possível desenvolver este projeto importante para a população local e para a rica biodiversidade da área. A empresa busca ser estratégica, propondo um projeto que atenda às principais necessidades ambientais existentes, como é o caso da gestão de resíduos, envolvendo atores locais para que sejam o motor de mudança que permitirá a diferenciação e o posicionamento do destino como um lugar biodiverso, limpo e sustentável".

A estratégia de promoção e fomento da biodiversidade em Samaná será apoiada por meio de acordos com instituições e com a administração pública. Desta forma, propõem-se a colaboração com os ministérios da Educação e do Meio Ambiente e Recursos Naturais da República Dominicana. Com eles, serão implementados programas de educação e conscientização sobre biodiversidade, realizados nas propriedades Bahia Principe Hotels & Resorts e nas escolas públicas de Samaná participantes do projeto. 

Bahia Principe Hotels & Resorts: apoios

Além disso, contará com o Ministério do Meio Ambiente e com o Centro para Conservação e Ecodesenvolvimento da Baía de Samaná e arredores (CEBSE) para conduzir experiências piloto em reabilitação e restauração de bacias, monitoramento da biodiversidade da região e desenvolvimento de atividades sustentáveis em áreas de abundante riqueza natural.  

"Esperamos que mais empresas invistam em biodiversidade levando em conta a importância na tomada de decisões estratégicas. Estamos contentes pelo Grupo Piñero ter se comprometido em transformar Samaná em um destino consciente em relação à conservação e ao uso sustentável do capital natural, envolvendo diversos setores para garantir a sustentabilidade do projeto”, disse Svenja Paulino, diretora do programa “Biodiversidade e Negócios". 

Por fim, a iniciativa também inclui uma parceria público-privada para a gestão adequada de resíduos, que será realizada em três municípios de Samaná (com projeto piloto em um deles), em colaboração com o Ministério do Meio Ambiente e Recursos Naturais, ONGs locais e empresas especializadas em reciclagem. 

Vale ressaltar que a rede vem cada vez mais colocando sua responsabilidade ambiental como prioridade na gestão. A cadeira hoteleira recebeu o certificado Travelife Gold em 19 empreendimentos. O reconhecimento foi concedido para propriedades nos quatro mercados onde atua: Espanha, República Dominicana, México e Jamaica.

(*)Crédito da foto: VViktor/Pixabay

Comentários