BNT Mercosul: para não repetir 2019, Hotel Sibara (SC) quer diversificar mercados

De Itajaí, Santa Catarina*

BNT Mercosul - Hotel Sibara_Osny Junior e Marcela SpagnolJunior e Marcela terão uma agenda de feiras movimentada no ano

Com a maior oferta de quartos em Balneário Camboriú (SC), o Hotel Sibara não fugiu dos problemas da hotelaria local no verão. Com a brusca redução na vinda de turistas argentinos, a unidade teve queda de quase 35% na receita frente ano ano anterior. Para ter desempenho diferente em 2020, o hotel quer reduzir a dependência do mercado hermano e diversificar.

“É bom destacar que não houve queda apenas no mercado argentino. O número de hóspedes brasileiros também caiu”, observa Osny Junior, gerente geral do Hotel Sibara. “Se ficarmos dependendo da Argentina em 2020, a próxima temporada também será ruim. Por isso, estamos mirado outros mercados internacionais, como o paraguaio”, completa.

Representantes do Hotel Sibara participaram de ações comerciais na capital paraguaia, em projeto coordenado pelo Balneário Camboriú CVB. “Estamos apostando nessa diversificação para ter um verão melhor em 2020. Precisamos mostrar o produto para mais gente”, avalia Junior, que também participa de outras iniciativas conjuntas do convention local

Além disso, para captar mais turistas nacionais, o hotel vai ter uma intensa agenda de feiras até o final do ano. Em junho, por exemplo, a equipe comercial da propriedade participa do Festival de Turismo das Cataratas, em Foz do Iguaçu (PR). “Abav Expo, em setembro, e JPA Travel Market, em outubro, também estão no nosso radar”, acrescenta Marcela Spagnol, gerente de Contas do Hotel Sibara.

BNT Mercosul: eventos em foco

Com um centro de eventos com 13 salas, sendo que a maior tem capacidade para 1,2 mil pessoas, o Hotel Sibara também aposta muito no segmento. “A área de Eventos é vital para nosso faturamento, representando 45% da receita”, diz Junior.

Entre os principais mercados emissores domésticos, Marcela cita o Paraná (com destaque para a região de Londrina), São Paulo e Rio de Janeiro. “Minas Gerais é uma praça que vem crescendo bastante nos últimos tempos”, finaliza a executiva.  

(*) A reportagem viajou a convite da BNT Mercosul

(**) Crédito da foto: Vinicius Medeiros/Hotelier News

Comentários