Carnaval deve movimentar R$ 8 bilhões no turismo, estima CNC

CNC - estimativa receita Carnaval 2020Rio de Janeiro deve liderar na geração de receita do turismo neste Carnaval

Atividades turísticas relacionadas ao Carnaval devem alcançar o maior volume de receitas desde 2015, somando R$ 8 bilhões. Caso confirmado, o montante representará crescimento real de 1% frente ao ano anterior. A estimativa foi divulgada hoje (3) pela CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo).

Para a entidade, a recuperação gradual da atividade econômica, combinada à inflação baixa, justifica o crescimento moderado. “Nos meses que antecedem o carnaval, a taxa de câmbio teve uma desvalorização de 10% ante o mesmo período de 2019, estimulando, portanto, gastos com turismo no território nacional em 2020”, avalia Fabio Bentes, economista da CNC.

Segundo a CNC, três segmentos devem abocanhar grande parte dos R$ 8 bilhões do faturamento do turismo no Carnaval. Juntos, Alimentação fora do lar (R$ 4,8 bilhões), Transporte de passageiros (R$ 1,3 bilhão) e Hospedagem (R$ 861,3 milhões) levarão 88% da receita prevista. 

“Alimentação se destaca, nesse caso, pois é setor que mais gera movimento, de fato, durante os dias de Carnaval, enquanto os serviços de transporte e hospedagem registram maior atividade nos meses que antecedem a data”, explica Bentes.

CNC: análise regional 

Rio de Janeiro (R$ 2,32 bilhões), São Paulo (R$ 1,95 bilhão) e Bahia (R$ 1,13 bilhão) devem concentrar a movimentação financeira no período. Minas Gerais (R$ 748,9 milhões), Pernambuco (R$ 457,8 milhões) e Ceará (R$ 362,2 milhões) também são destaques, apontam os dados da CNC. No Rio de Janeiro, por exemplo, a hotelaria já tem 78,4% dos quartos ocupados

Frente ao ano anterior, São Paulo (+5,4%) e Pernambuco (+3,2%) devem registrar os maiores crescimentos. Em contrapartida, Ceará deverá ser o único a registrar queda (-2,9%). A CNC estima ainda a contratação de 25,4 mil trabalhadores temporários de janeiro a fevereiro. Se confirmado, esse total seria 2,8% superior ao Carnaval de 2019 (24,7 mil).

(*) Crédito da foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Comentários