Conheça a carreira do mineiro José Omar Brandão, do Intercity Itupeva

Brandão iniciou sua carreira no segmento de hotelaria há 15 anos

José Omar Brandão é o atual coordenador de Recepção e Governança do Intercity Itupeva (veja In Loco Especial). Na rede gaúcha há três anos, o profissional é formado em Hotelaria (2004) pelo Senac Campos do Jordão e, no mesmo ano, começou a atuar no setor. Foi no Hotel Pousada Pitinga, associado ao Roteiros do Charme, em Porto Seguro, que  fez seu estágio. Com ímpetos para sair do Brasil e aprender idiomas, Brandão seguiu para Itália, onde ficou quatro meses, conseguindo assim também obter sua cidadania italiana.

De posse com seu passaporte europeu, foi para Londres e, Terra da Rainha, rumou para a Escócia, a convite de um ex-professor do Senac. "Como estava morando com amigos brasileiros da época do Senac em Londres, o professor Márcio Stetner fez uma visita e, de caminho para a Escócia, perguntou se alguém queria ir com ele. Como não estava trabalhando, fui para conhecer e adorei", relembra.

José Omar Brandão: carreira na Escócia

Na Escócia, Brandão ficou quase nove anos. "Trabalhei durante dois anos em um restaurante Italiano. Depois entrei no Prestonfield, um hotel boutique com 25 apartamentos, voltado para eventos, jantares executivos e casamentos", diz.

No empreendimento escocês trabalhava em um evento que narrava a história da Escócia e suas comidas típicas, tudo com muita dança. Sazonal durante o ano, o espetáculo tinha uma variação de público de 100 e 600 pessoas todos os dias. "Era responsável pela organização do salão e área de A&B (Alimentos & Bebidas). Fiquei quase sete anos no hotel", diz.

Ainda em terras escocesas, Brandão ingressou na Accor como recepcionista. Ficou apenas três meses na função, subindo de cargo na sequência para supervisor noturno, posição que permaneceu durante oito meses. 

De volta ao Brasil

No final de 2014, o profissional resolveu voltar para o Brasil. "No começo de dezembro fui contratado como gerente do Porto Grande Hotel, em São Sebastião (SP), um hotel colonial bem antigo. Fiquei um curto período de três meses, cobrindo as férias do antigo gerente", conta.

Na sequência, Omar, que é mineiro de Ouro Fino, voltou para sua terra, onde foi contratado como gerente de Hospedagem no Villa di Mantova, na vizinha Águas de Lindóia (SP). Por lá, ficou um ano e três meses. Em junho de 2016, entrou na Intercity Hotéis para fazer a implantação do BH Expo Belo Horizonte.

"Fiquei durante oito meses e pedi transferência para Pindamonhangaba (SP), uma unidade onde também fiz a implantação. Atuei durante dois anos como coordenador de Recepção e Eventos. Durante nove meses participei do programa Trainee para a formação de gerentes gerais. "Quando fiz o Trainee, obtive o que faltava. Tive oportunidade de ir para Itupeva e deu certo, sendo logo transferido. Um novo desafio, tratar com investidores e síndicos. O que faltava para dar um passo pro futuro", pondera Omar.

Sobre o novo desafio, o executivo diz estar gostando da nova função. "Está dando certo, tenho oportunidade de crescimento e estou cada vez mais agregando conhecimento. Estou aprendendo a ter relação com síndico, algo que não tive a oportunidade anteriormente. É muito importante e, para chegar no cargo de gerência, é preciso ter esse conhecimento", avalia.

Focado na área operacional, Omar diz que sua expectativa é estar preparado para assumir o cargo de gerência geral na Intercity. Fluente nos idiomas inglês e italiano, além do português, Brandão arranha o espanhol e o francês. Ele tem como hobby a paixão por carros antigos. 

(*) Crédito da foto: Peter Kutuchian/Hotelier News

Comentários