Conheça cinco tendências em móveis que vem dominando a hotelaria

tendências móveisA combinação de diferentes materiais pode dar um ar elegante ao ambiente

Um grande aspecto na decoração de interiores é a escolha da mobília. Além de funcionalidade, a estética dos móveis também é crucial para montar os mais diversos ambientes e impressões. Por isso, o mercado hoteleiro também segue a moda na hora de decorar os lobbies, restaurantes e quartos. Pensando nisso, Mar Esteve Cortes, diretora da Neolith, separou cinco tendências para uso da mobília em hotéis. 

Em meios de hospedagem, a escolha da mobília pode significar uma perfeita experiência de estadia perfeita ou não. Por exemplo, hóspedes que viajam longas distâncias buscam o relaxamento ao chegar. Assim, do momento que entram no lobby a preferência é por um ambiente aconchegante. 

As tendências dos móveis estão em constante evolução. Mais materiais estão disponíveis do que nunca, inspirando designers de móveis a produzir novas idéias criativas ou adicionar reviravoltas modernas a motivos clássicos. 

Confira abaixo cinco tendências que parecem terem vindo para ficar. 

Móveis: tendências

Madeira não polida

A aparência orgânica e atemporal da madeira não polida tornou-se uma escolha certa graças à popularidade duradoura do chique escandinavo. Esta tendência de design minimalista e clássica começou no início do século XX como um afastamento de mobiliário fortemente ornamentado, instilando uma lufada de ar fresco em espaços modernos.

Materiais combinados

Criar contraste não é novidade em design, mas à medida que mais cores, padrões e acabamentos se tornam disponíveis, o escopo das opções mudou. A pedra sinterizada de mármore, combinada com detalhes em metal e móveis de pelúcia, é uma mistura elegante de material. Tal combinação pode ser vista no lobby do Hilton Milan.

Não tenha medo de colorir

Os designers estão se tornando mais aventureiros à medida que as cores vibrantes são cada vez mais incorporadas nos hotéis para uma sensação fresca e descolada. Grandes salpicos de tons primários proporcionam interiores marcantes e distintos, perfeitos para o hotel ultramoderno. Desde lugares arrojados no átrio ou num café requintado, a toques pequenos e luminosos nos quartos para criar uma atmosfera construtiva.

Além de puramente estéticos, blocos de cor luminosos também servem a uma finalidade prática. Podem ajudar viajantes cansados ​​ou visitantes internacionais a encontrar facilmente áreas importantes, como a sala de jantar ou a recepção.

Um toque de drama

Interiores íntimos, cheios de tons escuros e tons sombrios, estão testemunhando um renascimento. À medida que os designers redescobrem a atração dos salões e boudoirs da virada do século, castanhos envernizados, pretos laqueados, vermelhos e roxos profundos estão sendo cada vez mais usados ​​para superfícies de móveis e estofados. Estas cores também são ideais para salões de hotel e quartos. 

O bom e velho concreto

Sensibilidades do meio do século estão despertando a imaginação dos designers de móveis. O concreto polido evoca uma estética minimalista e está crescendo em popularidade para ilhas de cozinha, bancadas e mesas em restaurantes.

OS fabricantes de pedras estão começando a jogar com o efeito fosco e de tom único. Combinado com madeira, as superfícies de efeito concreto oferecem um elegante atelier-chic, seja para uma cadeia global ou um hotel boutique contemporâneo.

(*) Crédito da capa: Divulgação/Pod Times Square Hotel

(*) Crédito da foto: Divulgação/Hilton Milan

Comentários