Conselho da WTM-LA se reúne para discutir realização do evento

WTM-LA- reuniãoMembros discutiram soluções para realizar a feira no pós-pandemia

Inicialmente marcada entre os dias 31 de março e 2 de abril, a WTM-LA foi adiada para os dias 20 a 22 de outubro ainda deste ano. Nesta quarta-feira (27) o conselho executivo se reuniu para debater o evento.

O segmento Mice hoje é um dos que mais sofrem os impactos do coronavírus, com 98% do setor afetado. Para avaliar o cenário e elucidar questões sobre o tema, Claude Blanc, diretor global do portfólio WTM esteve presente no encontro virtual.

Além do executivo, participaram também os membros do conselho Adriana Cavalcanti, Ana Maria Berto, Cassio Oliveira, Danielle Roman, Diana Pomar, Eduardo Murad, Elizabeth Wada, Gabriela Otto, Gustavo Syllos, Jean Philipe Perrol, Mariana Aldrigui, Ney Neto, Orlando Souza, Ricardo Ferreira e Toni Sando.

“A reunião do conselho foi além de ações voltadas para a WTM Latin America. O encontro nos permitiu a troca sobre ideias de como inovar e fazer diferente em meio a um cenário hostil, com a visão e a vivência de nomes que são referência na indústria turística. Isso nos dá ânimo e convicção de que é possível adaptar-se e entregar melhores soluções e resultados em cenários pouco conhecidos”, apontou Adriana Cavalcanti.

Quanto ao cenário durante a pandemia, Blanc reforçou o posicionamento da Reed e do portfólio WTM durante o período, destacando o trabalho que vem sendo realizado para garantir a segurança dos visitantes e o retorno aos expositores.

“Ficamos tristes com a situação mundial frente ao cenário sem precedentes que estamos vivendo. Mas entendemos que nesse novo padrão de mundo que estamos construindo, precisamos pensar em soluções que resguardem nosso público, tanto do ponto de vista sanitário como econômico. Os eventos continuarão a acontecer, mas teremos ainda mais atenção à segurança, às questões sustentáveis e à inteligência por trás da estrutura”, disse o executivo.

WTM-LA: planejamento

A apresentação sobre o tema ficou por conta de Luciane Leite, que abordou o processo de postergação do evento e reafirmou o acontecimento em outubro. Quanto aos pontos trabalhados para a realização, destacou algumas medidas que serão aplicadas. A exemplo do distanciamento físico, limpeza, higiene e reorganização da planta do evento.

Outro ponto discutido na apresentação foi a capilaridade e saúde financeira da Reed Exhibitions e a credibilidade da WTM Latin America. A executiva realçou as parcerias estratégicas da marca e o investimento em programas qualificados que serão mantidos no evento, como o Turismo Responsável, o Woman in Travel e o Programa de Estudantes. "Lançamos também a plataforma WTM Global Hub que traz em três idiomas as tendências, insights e os principais temas que permeiam a indústria do turismo”, finalizou.

Outro tema transpassado no decorrer do encontro foi a edição inglesa do evento, o WTM London, marcado para 2 e 4 de novembro, no ExCel London. Blanc adiantou algumas ações prevista e acendeu o debate sobre o assunto.

(*) Crédito da foto: Divulgação/WTM-LA

Comentários