"Desafio é sempre inovar com um pé na tradição", diz Everton Baptista, do San Raphael Country


Everton Baptista, coordenador geral do San Raphael Country Hotel
(foto: divulgação/Idearia Comunicação)

Há pouco menos de dois anos de completar 20 de atuação, Everton Baptista, coordenador geral do San Raphael Country Hotel, relembra sua trajetória profissional. Ele já havia trabalhado em uma metalúrgica e uma cerâmica, e estava em um restaurante quando recebeu a indicação de um amigo sobre o San Raphael. Em 1996, começou sua carreira na hotelaria como recepcionista.

Nestes anos, pode passar por diferentes cargos e áreas: foi chefe de Recepção e gerente de Recepção, implantou um novo sistema de Gerenciamento, atuou nos setores de Controller, Compras, Controle de Custo, Processos Operacionais e, finalmente, chegou à coordenadoria geral.

Qual seu maior desafio hoje? "Sempre inovar com um pé na tradição. Manter um padrão sem deixar de ser personalizado", define. No setor de hotelaria como um todo, Baptista também aponta a inovação como uma meta importante. "O desafio é apresentar uma proposta diferenciada", comenta.

Nestas primeiras semanas de Copa do Mundo, ele tem outra grande provação: anfitrionar a seleção da Rússia."Operacionalmente, tem sido uma experiência ótima para todos os funcionários e fornecedores. Todos temos muita expectativa e ficamos muito contentes com a escolha do hotel como base desta equipe", diz o executivo.
 
Para receber os jogadores e comissão técnica, o hotel passou por algumas reformas, já previstas, segundo explica o coordenador. Troca dos utensílios e equipamentos de cocção, churrascaria, pizzaria, restaurantes, troca de todos os enxovais, todos os colchões; reforma das suítes, novo sistema de TV a cabo; novos sistema de internet. A própria seleção russa não fez nenhuma exigência.

Serviço
www.sanraphaelcountry.com.br

Comentários