Desemprego cai a 11,8% em julho, diz IBGE

taxa de desemprego- julhoÍndice é inferior aos 12,3% de julho de 2018

A taxa de desemprego no Brasil registrou leve recuo em julho. Segundo dados divulgados hoje (30) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o índice caiu para 11,8% - resultado inferior aos 12,5% do trimestre encerrado em abril deste ano e aos 12,3% em julho de 2018.

Mesmo com a queda, cerca de 12,6 milhões de pessoas continuam sem trabalho, 4,6% abaixo do trimestre encerrado em abril. Entretanto, estatisticamente os números se mantiveram estável frente ao mesmo período no ano passado. Já a população ocupada ficou em 93,6 milhões - maior da série histórica desde 2012.

A taxa de pessoas subutilizadas continua elevada, somando 28,1 milhões, sem alteração significativa em comparação ao trimestre anterior, mas 2,6% acima do mesmo período no ano passado. Já os desalentados não mostraram variação relevante, contabilizando 4,8 milhões. Os números de cidadãos fora da força de trabalho chegaram a 64,8 milhões.

Desemprego: oportunidades

Segundo o IBGE, a melhora é fruto do aumento do trabalho informal. Muitos cidadãos alegaram atuar em vagas não registradas no período da pesquisa. O número de empregados sem carteira assinada chegou a 11,7 milhões, alta de 3,9% frente ao trimestre anterior e 5,6% em relação ao mesmo trimestre no ano passado.

Em contrapartida, de acordo com o Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), em julho foi registrada a abertura de 43,8 mil vagas formais de trabalho - o melhor resultado para o período em seis anos.

(*) Crédito da foto: Ueslei Marcelino/Reuters

Comentários