Em outro bom indicativo, PIB da Construçao Civil sobe no 3º tri

Construção civil - PIB 3º trimestreAté o trimestre anterior, o PIB do setor acumulava 20 quedas seguindas

Após o crescimento da atividade econômica além do previsto pelo mercado financeiro, outro bom indicador animou hoje (3) a hotelaria. Dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) apontam que o PIB da Construção Civil cresceu 1,3% no terceiro trimestre frente aos três meses anteriores.

É a segunda alta seguida da movimentação do setor, que acumulava 20 trimestres consecutivos em queda desde então. O resultado foi bastante celebrado pelo SindusCon-SP (Sindicato da Construção). “Reforça a percepção de que a crise do setor passou, com o início de um ciclo de recuperação”, comenta o presidente da entidade, Odair Senra.

Não faltam motivos para ser mais otimista com o resultado, que dá esperança do setor romper um longo ciclo recessivo. Ainda assim, apesar do crescimento crescimento da atividade em 2019, falta muito a ser feito. Estudo da FGV (Fundação Getulio Vargas), por exemplo, estima que o PIB da Construção Civil para esse ano deve ser quase 30% menor do que o registrado em 2014.

Construção civil: mais números

Em relação o terceiro trimestre de 2018, o unificador avançou 4,4%. Foi também o segundo período de crescimento após 20 trimestres consecutivos de queda nessa base de comparação. No acumulado dos quatro trimestres até setembro de 2019, frente ao acumulado dos quatro trimestres anteriores, o PIB da Construção variou 0,4%.

No terceiro trimestre, a atividades imobiliárias cresceram 0,3% na comparação com o trimestre anterior, e 1,9% frente a período de 2018. No acumulado dos quatro trimestres até setembro de 2019 comparado com os quatro trimestres anteriores, a variação positiva é de 2,7%.

Já Formação Bruta de Capital Fixo, que registra a ampliação da capacidade produtiva do segmento, cresceu 2% no terceiro trimestre, em outro bom indicativo de retomada. Por fim, a taxa de investimento no período foi de 16,3% do PIB, mesma percentual observado em igual período de 2018.

(*) Crédito da capa: Peggy_Marco/Pixabay

(**) Crédito a foto: MichaelGaida/Pixabay

Comentários