Especialistas em higienização e governança falam em live sobre novos protocolos

live- governançaConvidados falaram sobre equipamentos, produtos e treinamento de equipes

Com duração acima da média das outras transmissões, o Hotelier News e Grupo R1 promoveram a live Novo protocolo para higienização de ambiente na hotelaria. Especialistas em segurança sanitária e processos de governança debateram assuntos como adaptação das operações, pontos de atenção nas UHs (unidades habitacionais), produtos eficazes e equipamentos de proteção.

A dupla Peter Kutuchian (Hotelier News) e Jeferson Munhoz (Escola para Resultados e HotelCare) foram encarregados da apresentação de moderação da conversa. Marcelo Boeger (Albert Einstein), Maria José Dantas (ABG), Mônica Fernandes Magela (CCIH) e os consultores da área de higiene, Ricardo Luís Paiva de Miranda e Roberto Farias foram os convidados de hoje.

Antes de aprofundar nos processos, Boeger listou as principais medidas que devem ser consideradas no momento de reabertura para assegurar a saúde de colaboradores e clientes. “O hoteleiro e o gestor devem olhar quatro tópicos principais: distanciamento social entre hóspedes e colaboradores; higienização individual dos funcionários, como lavar as mãos constantemente e capacitação”, explica. “A questão da limpeza nas UHs e áreas comuns também é muito relevante; comunicação e monitoramento dos processos. Saber a frequência da higienização, o método aplicado e quais produtos são utilizados”, complementa.

A presidente da ABG, que está em fase de finalização de um protocolo próprio desenvolvido ao lado de especialistas, dá o caminho das pedras sobre como e por onde começar a implementar as medidas exigidas. “Temos que fazer alinhamentos na operação e ter organização, tudo com o treinamento adequado. As camareiras passarão a utilizar produtos, equipamentos e materiais que elas não estão acostumadas. É preciso redesenhar os processos, documentar tudo que foi checado, verificado, se foi feito e como foi feito. Então, por onde começar? Estruturando seus processos internos”, ressalta.

Live: produtos, EPIs e certificações

Ainda existem muitas dúvidas sobre quais os principais meios de contato dentro de um hotel, que produtos utilizar na higienização e quais EPIs (equipamento de proteção individual) são necessários. A consultora de CCIH (Comissão de Controle de Infecção Hospitalar), Mônica Magela, dá detalhes de quais locais precisam de maior atenção no momento da limpeza.

“Dentro do quarto, precisamos fazer um campo visual de quais lugares são mais tocados, o que chamamos de superfície de toque frequente como: maçanetas; torneiras; pia; gavetas; controle remoto e trincos. Estamos falando de um vírus com alto grau de patogenicidade, logo estas áreas precisam ser higienizadas constantemente”, reforça.

A convidada ainda explicou quais os EPIs devem ser adotados para preservar a saúde dos colaboradores que realizam os procedimentos de limpeza diariamente e repetidas vezes dentro do hotel. “Aderir a uma nova paramentação é algo que vem dos hospitais para os hotéis até mesmo para ajudar no controle de viroses futuras. Toca; máscara cirúrgica; luvas; óculos de proteção; protetor facial; avental com gramatura acima de 30 e botas são o uniforme de prevenção”, ensina. “Entretanto, o mais importante, a estrela da paramentação é lavar as mãos sempre”, reforça.

Ricardo ainda exemplificou alguns produtos que podem ser utilizados na higienização de UHs e áreas comuns. “Um produto que falamos muito de acordo com o manual da Anvisa é o álcool; hipoclorito de sódio; peróxido de hidrogênio e quaternários de amônia. Pela rápida secagem, o álcool é o mais recomendado para superfícies. Hoje, temos produtos ainda mais avançados que são uma mistura de todos os recomendados”.

Por fim, Farias ainda falou sobre certificações e a importância de passar segurança aos clientes. “Precisamos sedimentar esses conceitos nas equipes, que estes são protocolos para preservar vidas. A validação técnica é fundamental, mas precisamos externalizar as certificações, pois os clientes normalmente não têm acesso a isso”.

Para assistir a live na íntegra acesse o link

(*) Crédito das imagens: reprodução da internet

Comentários