Fiscalização do Cadastur esteve esta semana em Gramado e Canela (RS)

Cadastur - fiscalização GramadoO Lago Negro, em Gramado: cidade recebe 6 milhões de turistas por ano

Assim como no ano passado, técnicos do MTur (Ministério do Turismo) continuam as fiscalizações relativas ao Cadastur. O objetivo da ação é conscientizar os prestadores de serviços turísticos, incluindo meios de hospedagem, sobre a importância de se cadastrar na plataforma. Nesta semana, as equipes estiveram em Gramado e Canela, no Rio Grande do Sul.

Em três dias de fiscalização, 83 hotéis e pousadas dos dois municípios foram visitados e notificados pelos agentes para providenciarem a regularização no sistema do MTur. As visitas técnicas foram precedidas de um trabalho remoto que notificou 125 prestadores de serviço nos municípios. No total, 208 hospedagens foram fiscalizadas.

Os meios de hospedagem estão entre os serviços turísticos de cadastro obrigatório no Cadastur. Atualmente, 692 estabelecimentos estão cadastrados no estado do Rio Grande do Sul, 126 em Gramado e 38 em Canela.

Cadastur: regras e relevância

O Mtur ressalta que o cadastro é importante também em função de uma série de outras questões. A maioria dos programas e ações da pasta, por exemplo, exige o número do Cadastur, casos de acesso a financiamentos públicos e projetos. Hoje, mais de 90 mil prestadores de serviços do setor estão na plataforma.

Além dos meios de hospedagem, outros serviços turísticos obrigatórios devem se cadastrar. Entre eles, agências e guias de turismo, transportadoras e acampamentos turísticos, parques temáticos e empresas organizadoras de eventos. O cadastro é gratuito e deve ser feito online no https://bit.ly/2t9eTFx.

(*) Crédito da foto: pedroddf/Pixabay

Comentários