Focus: mercado prevê inflação de 3,44% para 2019

focus- ipcaProjeção para 2020 se manteve em 3,80%

Pela sétima vez consecutiva, o BC (Banco Central), reduz a expectativa para a inflação deste ano. A previsão para o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) passou de 3,45%para 3,44%. Para 2020, a projeção foi mantida em 3,80% e para os anos seguintes, 2021 e 2022, as previsões também ficaram estáveis, em 3,75% e 3,50%, respectivamente.

As expectativas para 2019 e 2020 estão abaixo da meta estabelecida pelo BC definida pelo CMN (Conselho Monetário Nacional), de 4,25% para este ano e 4% para o ano que vem. Para 2021, a projeção é de 3,75% e 3,50% em 2022, com intervalo de 1,5 p.p para mais ou para menos.

A taxa básica de juros, a Selic, é o principal indicador de controle de inflação utilizado pelo BC. A tendência é que o crédito fique mais barato, incentivando a produção e o consumo e estimulando a atividade econômica. Para o mercado financeiro, 2019 deve encerrar com a taxa a 5%. Na última semana o Copom ( Comitê de Política Monetária) reduziu a Selic de 6% para 5,5% ao ano.

A projeção é que a taxa voltará a cair 0,5 ponto percentual em outubro e permanecerá em 5% ano ano em dezembro. Já para 2020, o mercado não espera alterações no indicador e, em 2021, a previsão é que o ano termine em 6,75%. Para o fim de 2022, a expectativa é que a taxa chegue a 7% ao ano.

Focus: PIB

O Boletim Focus espera que o PIB (Produto Interno Bruto) se mantenha em 0,87% em 2019. Para os anos seguintes, as projeções também não foram alteradas - 2% em 2020; 2,50% em 2021 e 2022.

(*) Crédito da foto: joelfotos/Pixabay

Comentários