Fórum Econômico Mundial aponta recessão global prolongada devido à pandemia

Fórum Econômico Mundial- recessãoEstudo aponta que metas ambientais também devem perder força

Ontem (18), o Fórum Econômico Mundial divulgou um relatório feito com 347 entrevistados sobre as projeções para o pós-pandemia. Gerentes de risco prevêem uma prolongada recessão global devido ao coronavírus, sendo esta a principal preocupação para os próximos 18 meses.

Dois terços dos entrevistados afirmam que o mundo sofrerá uma longa retração econômica como resultado da pandemia. Metade dos gerentes de risco esperam falências e consolidação industrial - fracasso das indústrias em se recuperar dos altos índices de desemprego, especialmente entre os jovens, segundo informações da Reuters.

“A crise devastou vidas e os meios de subsistência. Provocou uma crise econômica com implicações de longo alcance e revelou as inadequações do passado”, disse Saadia Zahidi, diretora-gerente do Fórum Econômico Mundial.

No Brasil, o Ministério da Economia revisou o crescimento da econômico para 2020, com contração de 4,7% para o PIB

Fórum Econômico Mundial: metas ambientais

Segundo o relatório, metas ambientais devem entrar em declínio no pós-crise, entretanto autoridades buscam alternativas para uma recuperação sustentável. “Temos agora uma oportunidade única de usar essa crise para fazer as coisas de forma diferente e construir economias melhores que sejam mais sustentáveis, resilientes e inclusivas”, disse Zahidi.

(*) Crédito da foto: Arnd Wiegmann/Reuters​

 

Comentários