Grupo Privé (GO) reestrutura time de executivos e segue com processo de governança corporativa

Marco Aurélio Palmerston, agora é vice-presidente corporativo do grupo
(foto: divulgação / Scritta Serviço de Notícias)

Um dos ícones do cenário turístico de Caldas Novas, no interior goiano, o Grupo Privé acaba de apresentar algumas modificações em seu time de executivos. As mudanças fazem parte do processo de governança corporativa e reposicionamento organizacional, que estão na agenda da corporação há algum tempo.  Em uma das mudanças, a principal delas é o deslocamento do até então diretor comercial Marco Aurélio Palmerston, que agora assume a vice-presidência corporativa do grupo.

"Com uma equipe gabaritada, esperamos aumentar em, pelo menos, 20% o faturamento deste ano. Além disso, queremos garantir ainda mais sustentação aos nossos planos de crescimento, que contemplam a construção de quatro empreendimentos até 2019, gerando novas oportunidades de empregos para a região", antecipa Palmerston. 

A diretoria comercial passa a ser liderada por Antonio Marçal, que acumulou seis anos de atuação gerencial na operadora Valetur Viagens. Também tem passagens pela PNX Travel e Sigma Turismo. Para reforçar esse time, Marco Ribeiro permanece à frente da gestão comercial da hotelaria, contando agora com o reforço do supervisor nacional de Vendas, Ivanildo Marques.

Rogério Angeloni, que está no grupo desde 2014, permanece como superintendente de Hospitalidade, com um desafio de superar as expectativas na entrega de experiências aos clientes da Rede de Hotéis Privé. Com mais de 25 anos de trajetória profissional, inclusive no exterior, o executivo já ocupou cargos de decisão na AccorHotels - com as marcas Mercure e Novotel - e no Grupo Rio Quente. 

A equipe de colaboradores também conta com o apoio de Cléber Cardoso, que assume o cargo de diretor executivo; e Bráz Silva, que chega para a gestão administrativa corporativa. A área de Entretenimento foi reforçada por Daniel Ribas, gerente de Operações do Clube Privé e do Water Park; e Flávio Figueira, que comanda o Náutico Praia Clube. Marcos Soldi permanece como gerente comercial da marca Privé Diversão, que integra os três complexos aquáticos.

Serviço
www.hoteisprive.com.br

Comentários