Hotéis em Maringá abrem as portas para receber pacientes com suspeita de Covid-19

Maringá- hotelariaCadeia hoteleira se reuniu para debater ações contra a disseminação do vírus

Buscando auxiliar o destino no combate ao coronavírus, dois hotéis em Maringá se colocaram à disposição da prefeitura para receber pacientes assintomáticos ou com suspeita de Covid-19. Na última sexta-feira (3), Maria Iraclézia de Araújo, presidente do Maringá Convention & Visitors Bureau, entregou ao prefeito Ulisses Maia um ofício com a disponibilidade das unidades em contribuir para o isolamento social.

“Esperamos que essa iniciativa dê certo e dê resultado para que possamos vencer esse período de crise e retornar às nossas atividades com toda a segurança. Somente juntos vamos vencer esse período de crise”, comentou a presidente.

Ainda na semana passada, o Convention sediou uma reunião online no intuito de apresentar o plano de ação de combate ao vírus na cidade. O projeto foi batizado de "Sugestão de Plano de Ação para Enfrentamento da Pandemia de Covid-19 na Cidade de Maringá junto à Sociedade Civil". Estiveram presentes na reunião o Dr. Afonso Shiozaki e todos os hotéis, filiados e não filiados ao CVB.

Maringá: o projeto

O projeto, entre outras ações, sugere a utilização de hotéis para isolamento de pessoas com Covid-19, a fim de mitigar o contágio da doença na cidade. Após reuniões e esclarecimentos, dois hotéis se dispuseram a receber essas pessoas para isolamento social. Sendo eles o Hotel Astória e o Hotel Internacional.

“É uma oportunidade de ajudar a população – mantendo a pessoa isolada, sem transmitir a doença -, e a auxiliar a prefeitura. Vimos uma possibilidade de voltar a trabalhar e contribuir para conter o contágio da doença. Estamos agora no aguardo, à disposição do prefeito”, diz Luiz Bernava, diretor do hotel Internacional.

“Temos uma estrutura que está sendo subutilizada e, neste momento de pandemia, onde podemos receber profissionais da saúde e pessoas assintomáticas que não precisam voltar para casa e correr risco de contaminar suas famílias, precisamos unir esforços. Pensando nisso resolvemos disponibilizar nossa estrutura”, complementa Sibele Sola, sócia-proprietária do Hotel Astória.

Logo no início da pandemia, os hotéis da cidade permaneceram fechados durante 30 dias. Ao fim de abril, a hotelaria iniciou a retomada, encabeçada pela prefeitura. Quanto à situação relativa ao contágio, até a última sexta-feira, Maringá registrava um total de 1.617 casos positivos da doença. Recuperados são 1.153 e o número de óbitos registrados pela doença é 18.

(*) Crédito da foto: Divulgação/Maringá CVB

Comentários