Hotel Summit tem início em Salvador

De Salvador, Bahia*

Começou há pouco, em Salvador, o Hotel Summit 2018. A programação e formada por palestras, workshops e exposições de especialistas sobre o mundo digital. Um dos temas centrais do encontro são as reservas diretas e como os hotéis podem diminuir a dependência das (OTAs) Online Travel Agencies. O Hotelier News é media partner do evento, organizado pela selfHotel.

Allessandro Canella, CEO da selfHotel, deu boas-vindas ao público, formado por executivos de hotéis independentes e estudantes. “Temos parceiros importantes, como a ABIH-BA, Fecomercio-BA e o Sebrae, que nos ajudaram a viabilizar esse evento, que tem leva mais informações para vocês hoteleiros”, comentou.

Robert Phillips, diretor da ILS3 Consulting, deu prosseguimento à abertura de forma divertida. Praticante de yoga, fez um exercício de respiração com a plateia. “Agora que vocês estão mais centrados, com mais oxigenação no cérebro, vão absorver mais facilmente as informações”, brincou.

Hotel Summit - Rodrigo TeixeiraTeixeira: robô terá integração com WhatsApp

Hotel Summit: chatbots

Logo na sequência, Rodrigo Teixeira, CEO da Asksuite Hotel Chatbot, apresentou a ferramenta desenvolvida pela empresa. Voltada exclusivamente para hotéis, a tecnologia funciona no site dos hotéis e também é compatível com Messenger, do Facebook, prestando atendimento virtual aos hóspedes.

A solução é comercializada há apenas seis meses, mas resorts, hotéis e pousadas de todo país já utilizam a ferramenta. “A importância do atendimento para tirar divas dos clientes é vital e todos aqui sabem disso. O ponto é: é melhor fazer isso com humanos ou com robôs?”, comentou.

Teixeira mostrou exemplos da demora no atendimento via chat de redes conhecidas, que chegaram até 12 minutos para uma cotação de tarifa. “Três minutos é o tempo médio que um humano responde às dúvidas dos viajantes. Qual o problema disso? As pessoas estão sempre no celular fazendo essas consultas e não esperam por muito tempo. Nesse cenário, perder vendas é uma realidade”, garantiu.

Segundo Teixeira, quando o cliente faz contato via chat, em 35% dos casos a pergunta é sobre tarifa. “Esse é um diferencial da nossa ferramenta, pois o sistema estimula a venda direta. Automaticamente ele recomendando a reserva via site do empreendimento”, disse o executivo da Asksuite, destacando que a tecnologia é integrada ao motor de reserva do hotel.

Ao final da palestra, Teixeira confirmou que a Asksuite vai lançar auma versão do chatbot com integração para o WhatsApp. “É uma realidade. Alguns dos nossos clientes dizem que fecham até 90% das reservas via WhatsApp”, finalizou.

(*) Crédito da capa: Vinicius Medeiros/Hotelier News

(*) Crédito da foto: Vinicius Medeiros/Hotelier News

(*) A reportagem do Hotelier News viaja à Bahia a convite da organização do Hotel Summit​  

Comentários