I café, do Intercity Curitiba, quadruplica receita após abrir a porta para a rua

De Curitiba, Paraná

I Café - Intercity CuritibaCorrêa e Adriana: Acesso pela rua trouxe uma nova dimensão no faturamento

Investimentos bem feitos em Alimentos e Bebidas geram receita. O público quer consumir bons produtos em lugares descolados e atuais. Com esse objetivo, o I Café, do Intercity Curitiba, quadruplicou seu faturamento. E não foi com os hóspedes mas sim com o público passante ou seja, consumidores da vizinhança. A receita média antes da modificação era de R$ 4 mil por mês. Hoje ela gira em torno de R$ 19 mil.

"Basicamente, fizemos um trabalho de sinalização e literalmente abrimos a porta da rua", comemora Tomaz Corrêa, gerente geral da unidade operada pela ICH Hotels. "Investimos em uma máquina profissional de café, em novos itens de patisserie e no aumento de equipe", completa.

Quadro efetivo das 7h às 23h

I Café: iniciativa e acerto

O acerto para se chegar num produto adequado não foi de primeira. Segundo Adriana Martini, coordenadora de A&B do Intercity Curitiba, a primeira tentativa não deu certo. "A princípio, acreditávamos que um bar seria a atração mais acertada. Afinal, a maioria dos hotéis sempre tem um lobby bar. Percebemos porém que não houve aceitação. Portanto fomos pela caminho em oferecer uma linha de salgados, doces e um café de qualidade", revela Adriana.

Outra questão que ajuda no movimento é a torre comercial que faz parte do complexo onde está o Intercity curitibano. Ao todo são 220 escritórios.

Aberto das 7 às 23 horas, o I Café também pode receber eventos para até 50 pessoas. "Já realizamos alguns eventos e a aceitação foi muito boa", finaliza Adriana.

(*) Crédito das fotos: Peter Kutuchian/Hotelier News

Comentários