IBGE: preço das passagens aéreas teve redução de 16,85% em 2019

IBGE- passagensPassagens aéreas foram o item não-alimentício com maior redução para o consumidor

Viajar está mais barato no Brasil, segundo dados divulgados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). De acordo com a Pesquisa Mensal do Comércio, o preço das passagens aéreas caiu 16,85% este ano, sendo o item não-alimentício com a maior redução de custo para o consumidor brasileiro.

O Ministério do Turismo vem trabalhando a diminuição do valor dos bilhetes há algum tempo. Segundo o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, a queda dos preços é uma resposta de ações feitas pela pasta visando estimular viagens domésticas. “Isso é resultado de um trabalho importante que estamos realizando para tornar o turismo mais acessível. Com a atração de novas empresas e destravando legislações que emperram o setor, poderemos proporcionar aos brasileiros mais oportunidades de conhecer o país”, comemorou.

Em setembro, o ministro propôs a criação de um grupo de trabalho que buscará reduzir o preço das passagens e aumentar o número de rotas em destinos do país.Um dos objetivos será buscar o equilíbrio entre oferta e demanda com políticas públicas mais eficazes para tornar os modais de transporte mais integrados e estruturados. Melhorias de infraestrutura dos aeroportos, conectividade e atração de investimentos são algumas das iniciativas a serem desenvolvidas.

IBGE: low costs

O mercado brasileiro vem se mostrando atrativo para empresas low cost, fator que deve contribuir para a melhora dos tickets aéreos. Ao todo, cinco companhias já demonstraram interesse em operar no país: a Air Europa, que já anunciou planos de rotas domésticas; a Sky e a Norwegian, que estão operando voos internacionais; a Flybondi que passa a operar hoje (11), e por fim a JetSmart, que voará a partir de dezembro deste ano.

(*) Crédito da foto: JESHOOTS/Pixabay

Comentários