Intenção de investir cresce na construção civil em novembro, informa CNI

CNI - estimativa investimento construção civil_capaIndicador cresceu 4,3 pontos percentuais e vai se aproximando dos 50 pontos

Os sinais de retomada no mercado parecem se consolidar no setor de construção civil, com um conjunto de dados otimistas. Depois do SindusCon-SP (Sindicato da Construção), agora foi a vez da CNI (Confederação Nacional da Indústria). De acordo com a Sondagem da Indústria da Construção, o índice de intenção de investimento no setor subiu em novembro.

O indicador chegou a 42,2 pontos, superior aos 37,9 pontos registrados no mês anterior. Já o índice de nível de atividade, que atingiu em outubro seu maior patamar dos últimos sete anos (49,9 pontos), recuou para 49 pontos. A pontuação da pesquisa vai de 0 a 100. No caso da intenção de investimento, quanto maior o valor, mais elevada é disposição em investir.

Os dados da pesquisa foram levantados de 2 a 11 de dezembro de 2019. No total, foram entrevistados executivos de 469 indústrias da construção. Dessas, segundo a CNI, 166 eram de pequeno porte, além de 201 médias e 102 grandes.

CNI: mais indicadores

O estudo também avalia a empregabilidade dentro do setor. Segundo a sondagem, o índice de número de empregados caiu de 48,5 pontos para 47,4 pontos. O resultado era esperado, uma vez que o período entre novembro e janeiro é sazonalmente de baixa atividade.

Ainda assim, tanto esse indicador, quanto o índice de nível de atividade, estão próximos dos 50 pontos. Mais ainda, superam os valores verificados no mesmo mês do ano passado. No primeiro caso, é 4,2 pontos percentuais acima. No segundo, a alta é um pouco mais baixa: 3,4 pontos percentuais.

O indicador de expectativa de nível de atividade aumentou 2,4 pontos na comparação entre novembro e outubro, chegando a 57,3 pontos. Já o índice de novos empreendimentos e serviços elevou-se em 2,7 pontos, a 56,6 pontos, na mesma base de comparação.

Para ter acesso ao estudo completo, clique em https://bit.ly/35qpUmk.

(*) Crédito da capa: Honey Yanibel Minaya Cruz/Unsplash

(**) Crédito da foto: taniadimas/Pixabay

Comentários