JPA Travel Market vira Brazil Travel Market e muda para Fortaleza (CE)

De João Pessoa, Paraíba

JPA Travel MarketMudança busca crescimento e internacionalização do evento

A principal feira de turismo do Nordeste tem grandes chances de se tornar uma das maiores do mercado brasileiro. Nascida como Festival JPA em 2011, o evento mudou de nome no ano passado, passando para JPA Travel Market. 

Agora, apenas um ano depois, uma nova mudança acontece. Desta vez, a feira tira o JPA (sigla para João Pessoa) e coloca Brazil — sim, com ‘z’, porque é assim que se escreve no mercado internacional. E não é só, o BTM (Brazil Travel Market) sobe dois estados e aporta no Ceará, onde será realizada pelo menos até 2022.

A negociação com a Secretária de Turismo do Ceará levou 12 meses para ser concretizada e o anúncio foi feito no sábado (19) ao final da edição 2019. Na coletiva de imprensa, estavam presentes os idealizadores do BTM, os irmãos gêmeos Breno e Bruno Mesquita, e o sócio Cláudio Jr, além do secretário e Turismo do Ceará, Arialdo Pinho.

“O apoio do trade paraibano foi fundamental para a JPA chegar ao patamar que chegou e somos muito gratos por isso. Por um lado, ficamos ressentidos pelo filho sair de casa, mas é por uma boa causa. É o momento de integrar o Nordeste e o Ceará tem essa capacidade”, afirma Bruno. “Estamos indo, mas deixamos deixamos um pedaço do nosso coração aqui. Por muito tempo a JPA será lembrada”.

Com a palavra, o secretário deu sua visão sobre o evento e desmentiu a rivalidade entre os estados. “O evento é consistente, fiquei impressionado com a quantidade e qualidade dos conteúdos. A visão do Ceará é que temos que olhar o Nordeste como um todo, sem rivalidades. Todos os destinos são complementares”, ressalta.

JPA Travel Market: internacionalização

Um dos principais fatores da mudança de local foi a internacionalização da feira. Com maior conectividade, o Ceará abrirá portas para buyers estrangeiros, ajudando a região a crescer. “O Nordeste tem tudo para virar um Caribe. A JPA tem a possibilidade de crescer e se internacionalizar, que é o que precisamos”, complementa Pinho.

Breno reforça a importância da conectividade do estado cearense e afirma que a mudança foi estudada com atenção. “Queremos que o evento cresça a um ponto que a Paraíba não nos dá hoje. Pode ser que no futuro sim. O Ceará tem uma rede hoteleira maior e 270 voos diários. Não estamos fazendo nada sem ser pensado”, afirma.

O idealizador da JPA também ressalta a meta de se tornar uma das maiores feiras de turismo do país, ao lado da Abav Expo e WTM-LA. O evento nordestino segue logo atrás dos paulistas e, tem grandes chances de ultrapassa-los em tamanho daqui alguns anos.“Temos uma meta traçada e vamos atingi-la”, finaliza.

(*) A reportagem do Hotelier News viaja a João Pessoa a convite do JPA Travel Market

(**) Crédito da foto: Jefferson Severino

Comentários