Lodging Econometrics: pipeline mundial atinge novo recorde

Lodging Econometrics - Hilton Garden Inn São PauloProgramado para o final de 2020, o Hilton Garden Inn São Paulo está na conta

O pipeline global de hotéis atingiu novo patamar recorde no primeiro semestre de 2019, aponta levantamento da LE (Lodging Econometrics). Estão previstos 14.051 projetos e 2,32 milhões de quartos na hotelaria mundial, alta de 9% e 8%, respectivamente, na comparação anual. Marriott International e Hilton detêm o maior número de hotéis em desenvolvimento, como no último estudo divulgado

Segundo a LE, à exceção da América Latina, todas as regiões atingiram pipelines recordes ou mantiveram seus patamares mais altos. Nos mercados mais consolidados, a empresa pondera que a guerra comercial entre China e Estados Unidos mantém o setor mais atento e seletivo na estratégia de crescimento. Por outro lado, taxas de juros baixas continuam como catalisadores da expansão global. 

A LE informa também que, no primeiro semestre, foi estabelecido o recorde de 6.565 projetos (1,19 milhão de apartamentos) em construção no mundo. Outro recorde foi registrado entre os hotéis com construção prevista para começar em 12 meses: 4.392 unidades (636 mil acomodações). Já as unidades em estágios iniciais de desenvolvimento cresceram 6% (empreendimentos) e 10% (quartos).

Lodging Econometrics: líderes

Entre os países com maiores pipelines globais, destaque para Estados Unidos e China. Juntos, os dois países têm mais de 60% dos hotéis em desenvolvimento no planeta. Para ter ideia do protagonismo, o terceiro colocado não tem nem 500 unidades previstas, enquanto as duas nações citadas superam 2 mil propriedades cada. Entre as cidades, Dubai, Nova York e Dallas formam o pódio (veja tabelas).

Países - Maiores pipelines globais

País Hotéis Quartos
Estados Unidos 5.653 693.207
China 2.991 592.884
Indonésia 378 63.196
Alemanha 320 57.689
Reino Unido 280 40.970

Marriott International e Hilton lideram entre as redes com 2.534 projetos (420.562 quartos) e 2.334 hotéis (340.626 apartamentos), respectivamente. Com previsão de abertura em 2020, o Hilton Garden Inn São Paulo integra essa conta. IHG (InterContinental Hotels Group), com 1.769 unidades e 259.057 habitações, e Accor (980 e 175.002) fecham o top 4. Juntam, as quatro detêm 54% de todo o pipeline hoteleiro mundial.

Por fim, a bandeira com maior número de hotéis previstos globalmente é a Holiday Inn Express. A marca do IHG conta com 737 projetos (93.415 quartos), sendo seguido por Hampton by Hilton (689/90.634); Fairfield Inn (397/43.451), da Marriott; e ibis (387/54.683), da Accor.

Cidades - Maiores pipelines globais

Cidade Hotéis Quartos
Dubai 173 50.832
Nova York 166 28.231
Dallas 162 19.972
Los Angeles 158 25.428
Houston 146 14.998

(*) Crédito da capa: Marten Bjork/Unsplash

(**) Crédito da foto: Divulgação/Helbor

Comentários