Lodging Econometrics: pipeline na América Latina cresce 4%

Lodging Econometrics - Four Seasons Los CabosFour Seasons anunciou novo empreendimento em Los Cabos, no México

O pipeline de hotéis da América Latina atingiu 723 projetos (131 mil apartamentos) ao fim do terceiro trimestre de 2019. Na comparação anual, os números representam expansão de 4% frente a igual período do ano passado. Apesar do crescimento, a base apurada continua nos níveis mais baixos da história, apontam dados da LE (Lodging Econometrics).

Os empreendimentos em construção somam 334 hotéis (60.720 quartos), informa a LE. Já as propriedades com desenvolvimento previsto nos próximos 12 meses totalizam 205 (35.199 apartamentos), enquanto as unidades nos estágios iniciais de planejamento perfazem 184 empreendimentos (35.156 habitações).

O novo estudo da LE reverte o levantamento referente ao segundo trimestre, que registrou queda. Na ocasião, a empresa previa a construção de 710 projetos, que representam 123.392 quartos.

Lodging Econometrics: balanço e marcas

Ao final do terceiro trimestre, a América Latina ganhou 75 hotéis (14.468 quartos). Previsão da LE aponta que, até o final de 2019, outros 50 empreendimentos (7.579 apartamentos) entrem em operação. Para 2020, a empresa estima que 136 unidades (25.490 cômodos) abram as portas na região, número que sobe para 143 (20.931 habitações) no ano seguinte.

A cidade latino-americana com maior pipeline é Cancun (México), com 21 projetos (10.054 quartos). Na sequência, aparecem Lima (32 hotéis/4.798 apartamentos), Cidade do México (25/4.604), São Paulo (18/3.094) e Cartagena (15/2.945). Juntos, esses cinco mercados representam 20% da oferta prevista.

Entre as redes hoteleiras, a Marriott International lidera na região, com 122 projetos (20.658 quartos) previstos na região. Accor vem a seguir, com 106 hotéis (14.585 apartamentos), sendo acompanhada por Hilton, com 84 unidades (11.940 habitações) e IHG (InterContinental Hotels Group), com 57 empreendimentos (6.686 cômodos).

(*) Crédito da capa: bogitw/Pixabay

(**) Crédito da foto: Divulgação/Four Seasons Hotels & Resorts

Comentários