Meliá lança serviço Work Room

Meliá- work roomQuarto do Meliá Paulista adaptado para Work Room

Após anunciar abertura gradativa das unidades, a Meliá Hotels segue a tendência de mercado de modelos office. Adotado por redes como Accor, Bourbon Hotels & Resorts e Atlantica Hotels, o serviço oferece apartamentos adaptados para salas de trabalho.

Batizado de Work Room, os escritórios privativos podem ser alugados por diárias a partir de de R$ 135. O novo espaço conta com segurança sanitária, adaptada aos novos protocolos e tem capacidade para até duas pessoas.

“O Work Room Meliá é uma inovação e uma nova maneira de reinventar nosso produto. A ideia é aproveitar os nossos espaços ociosos neste momento e atender as pessoas que ficaram sem escritório para trabalhar, que buscam reduzir custos e readaptar seu formato de trabalho, que dependem de espaços físicos em localizações estratégicas ou até para aqueles  em que o home office não é adequado para uma situação mais especial”, diz Fernando Gagliardi, diretor de marketing e vendas da América do Sul.

Meliá: o serviço

Com reservas disponíveis em diárias ou períodos mais extensos os preços partem de R$ 135,00. Os espaços possuem mesa de trabalho com duas cadeiras, conexão de internet via rede wi-fi, frigobar, televisão, banheiro privativo, ar condicionado e serviço de coleta de lixo diária. Os itens cortesia variam em cada hotel, mas podem ser café, chá, dock station para celular, entre outros.

As unidades seguem as normas governamentais e todos os protocolos exigidos pela OMS (Organização Mundial da Saúde). Como responsável pela verificação de todos esses processos, está o Bureau Veritas, que desenvolveu um selo de higienização para a rede.

Os hotéis da Meliá que estão com sistema de Work Room em São Paulo são o Meliá Paulista; Meliá Jardim Europa; TRYP São Paulo Iguatemi e o TRYP São Paulo Jesuíno Arruda.

(*) Crédito das fotos: Divulgação/Meliá

Comentários