Mercado internacional cresce 73% na Atlantica Hotels durante o primeiro semestre de 2015

O atual momento vivido no País se deve principalmente às questões políticas internas, que afetam a economia e geram um impasse em novos investimentos. Lá fora, no cenário mundial, a situação continua sob olhares atentos. O sinal muda de cor com certa frequencia, indo do laranja, para o verde e vermelho seja por questões das variações negativas da Bolsa da China, por exemplo ou pela questão das guerras internas de alguns países.

Se a crise fosse internacional, a vinda de estrangeiros para o Brasil também teria diminuído. Essa afirmação se comprova na Atlantica Hotels, onde o mercado estrangeiro registrou um aumento bastante significativo, de 73% no primeiro semestre deste ano, em comparação com o mesmo período de 2014. 

Segundo Eduardo Gachido, diretor Comercial da Hotel Direto, GSA da Atlantica Hotels, esse incremento no mercado internacional ajuda muito a criar uma certa estabilidade nos resultados da companhia hoteleira. "A Cristina Roquetti [diretora de Contas Globais da Atlantica] e sua equipe têm feito um excelente trabalho e os resultados estão aí para serem vistos. Nesse momento difícil que o mercado corporativo nacional está passando, a consolidação do internacional está sendo primordial para podermos aingir os objetivos deste ano", comenta o executivo.

Eduardo Gachido
(foto: arquivo HN)

Amizades e parcerias
Dizem que os relacionamentos também fazem a roda girar, principalmente aqui no Brasil, onde a amizade, geralmente, fala mais alto, seja na hora de fechar um negócio ou dar preferência para um determinado assunto. Talvez é por isso que a maioria dos brasileiros consegue se equilibrar nas cordas bambas dos variados ciclos e atravessar momentos de grandes desafios ocasionados por intempéries político-econômicos.

Para Gachido o relacionamento e a amizade valem muito na vida, seja profissional ou pessoal. “Existem pessoas que têm o privilégio em conhecer pessoas fantásticas no meio profissional, que acabam virando amigas, e como isso fica muito mais fácil negociar, inovar e até pedir ajuda em momentos de grandes desafios, como este que em que País atravessa. Posso dizer que sou privilegiado por estar há tanto tempo no mercado e ter feitos tantas amizades”, comenta o executivo, que está na Atlantica desde o ano de 2002.

Para Gachido, esse nível de relacionamento está fazendo diferença na atual conjuntura, pois as portas se abrem com facilidade para poder executar uma ação dentro de um novo hotel, por exemplo. “Em breve, iremos abrir uma nova unidade e conseguimos, já nas primeiras noites, sediar um evento, graças ao conhecimento e parceria de longos anos de mercado”, revela. “Aproveito para agradecer a diversas empresas parceiras como Booking, CVC, Decolar, e-HTL, Flytour, Trend e Visual. É muito bom poder escutar que nessas empresas as portas estão sempre abertas para a Atlantica.

Serviço 
atlanticahotels.com.br

Comentários