MGM Resorts negocia venda do Circus Circus e do Bellagio

MGM venderá Circus Circus e o BellagioEm operação desde 1968, Circus Circus será vendido por US$ 850 milhões

O MGM Resorts está se desfazendo de dois de seus cassinos mais famosos de Las Vegas: o Circus Circus e o Bellagio. Os dois negócios são feitos de forma separada e envolvem compradores distintos. A transação envolve algo em torno de US$ 5 bilhões, informa o portal CNN.

O Circus Circus, aberto em 1968, está sendo negociado por US$ 825 milhões para o empresário Phil Ruffian, dono do Treasure Island. Já o Bellagio será vendido por US$ 4,25 bilhões a uma joint-venture formada pela própria MGM, em parceria com fundo de private equity Blackstone.

MGM Resorts: recursos serão usados para equilibrar o balanço

O Circus Circus é considerado um dos hotéis-cassinos mais conhecidos da cidade. Ele é voltado mais para famílias, tendo um parque temático e quartos com preços bastante competitivos. A expectativa é que o acordo de venda seja oficializado até o final do ano. Antes, deverá passar por aprovação nos órgãos regulatórios dos Estados Unidos.

Em relação ao Bellagio, a Blackstone vai assumir o controle da propriedade. A MGM manterá 5% do patrimônio e pagará US$ 245 milhões em aluguel por ano para operar o hotel. Com o dinheiro dessas transações, a MGM planeja "equilibrar seus balanços financeiros e fazer a distribuição de dividendos aos acionistas", revela Jim Murren, CEO da MGM Resorts.

Esse planejamento está dentro do projeto de reestruturação da empresa. Além disso, pode ajudar a fazer caixa para a expansão internacional. A companhia tem planos de investir em um cassino em Osaka, no Japão, por exemplo. Outra negociação de grande porte em Las Vegas ocorreu no ano passado, quando o Waldorf Astoria Hotels and Resort assumiu o antigo Mandarin Oriental Las Vegas.

(*) Crédito das fotos: Divulgação/MGM Resorts

Comentários