Mostra Viajar chega a terceira edição em junho

Mostra ViajarGisele ressaltou o alcance da última edição

Lançada em 2015, quando teve sua primeira edição, a Mostra Viajar acontece mais cedo este ano. A organização agendou para os dias 8, 9,e 10 de junho o evento que segue ocorrendo no pavilhão da Bienal, no Ibirapuera, em São Paulo. Temos em 2018 a terceira edição do encontro.

Gisele Lima, diretora do Grupo Promo, responsável pela organização da feira, fala sobre impacto causado pelo evento em suas duas edições anteriores. "A Mostra Viajar impacta mais de 50 milhões de pessoas de forma virtual e presencial", pontua. De acordo com a dirigente, a função do encontro é inspirar pessoas a viajar cada vez mais e proporcionar a troca de experiências. "É uma oportunidade única para a escolha do melhor destino", completa. 

Mostra Viajar: proposta

O evento paulista se mostra diferente de outros do setor porque procura trazer parte da experiência de cada destinos para os participantes. Segundo Gisele, a ideia é provocar todos os sentidos das pessoas em seu passeio para que isso facilite na tomada de decisão da próxima viagem. 

Para isso, a organização pede que os expositores participantes tragam algo de fato relacionado ao lugar que estão promovendo. O Maranhão, por exemplo, vai levar três vivências sensoriais com o uso de óculos de realidade virtual. As atrações disponíveis serão: um passeio pelas pedras de São Luís no Centro Histórico; pelas areias dos Lençóis Maranhenses e pelas águas da Chapada das Mesas.

Já Foz do Iguaçu que ano passado mostrou as Cataratas por meio de "um passeio" de bote, este ano lançará novidades, como bar de gelo e a integração de três atrativos com descontos exclusivos. 

Números de 2017

No ano passado, segundo a organização, a Mostra Viajar impactou mais de 50 milhões de pessoas e levou mais de 14 mil nos três dias do evento. A expectativa prévia era ter 20 mil visitantes. 

Para este ano, a expectativa é ultrapassar 15 mil participantes. 

O evento é aberto tanto para os empresários do setor turístico, como para o público em geral.

(*) Crédito de foto: arquivo HN

Comentários