Paraná está otimista com geração de empregos em hotéis

Hotelaria ParanáEmpresários do estado pretendem investir mais nos próximos meses

O Paraná está otimista com a geração de empregos nos hotéis. Recorte regional da Sondagem Empresarial do Setor Hoteleiro no Brasil, do Mtur (Ministério do Turismo) mostra que no estado, 63,9% dos empresários pretendem investir nos empreendimentos, o que inclui abertura de postos de trabalho. Estes investimentos devem ocorrer pelos próximos seis meses. Outra parcela, de 19,8%, apontam que os aportes serão permanentes. Na região Sul, 71,2% responderam que têm a intenção de investir no setor nos próximos seis meses.

Projeção da FBHA (Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação) havia mostrado que o mercado de turismo deve gerar 2 milhões de empregos nos próximos anos. O setor hoje é responsável pela geração de 6 milhões de empregos. Esse montante inclui os postos diretos e formais em mais de 50 segmentos produtivos.

Com relação à perspectiva para os próximos seis meses, 62,8% esperam estabilidade no número de empregados. Para o faturamento da empresa, 44,2% dos empresários esperam aumento para o período pesquisado e 31,4% esperam estabilidade.

Paraná: estabilidade segundo no trimestre

Além disso, 67,4% dos empresários de meios de hospedagem do Paraná relataram estabilidade no número de empregados para o segundo trimestre deste ano, quando comparado ao mesmo trimestre do ano passado.

Quanto à demanda pelos serviços ofertados, 44,1% desses empresários afirmaram que houve estabilidade, enquanto que para 32,6% houve queda no trimestre. Para o faturamento da empresa, 40,7% dos empreendeores informaram queda, e 33,7% estabilidade. 

No país como um todo, os dados de julho deste ano revelam que houve aumento da perspectiva dos empresários das cinco regiões. A intenção de gerar mais empregos no setor hoteleiro cresceu 130,9% na região Norte, 48,6% no Centro-Oeste, 41,4% no Sul, 20,5% no Sudeste e 0,6% no Nordeste. 

Crédito da foto: free-photos/Pixabay

Comentários