PE marca data para retorno de futebol, serviços de alimentação e academias

PE - flexibilizaçãoMedida engloba os municípios da Região Metropolitana do Recife e Matas Norte e Sul

Após decreto que responsabiliza municípios por reaberturas, Pernambuco começa a flexibilizar as medidas de isolamento. Na região, o Gabinete de Enfrentamento à Covid-19, optou por aprovar o retorno dos jogos de futebol. A partir do dia 19,  as partidas voltam a acontecer, porém sem público. O estado ainda permitirá a retomada de serviços de alimentação e academia.

Em acordo firmado com a FPF (Federação Pernambucana de Futebol),  as duas partidas finais já estão com lugar marcado. Segundo definição, os últimos dois jogos do Campeonato Estadual serão realizados na Arena de Pernambuco.

Outro retorno liberado é dos serviços de alimentação, com horário reduzido, permanecendo fechados das 20h às 06h. Voltam também a operar no dia 20 as academias de ginástica, com novos protocolos, na Macrorregião de Saúde I. A medida engloba os municípios da Região Metropolitana do Recife e Matas Norte e Sul.

PE: flexibilização

Seguindo plano de flexibilização, a partir da próxima segunda-feira (13), a Macrorregião de Saúde II, avança para a etapa 4. A localização engloba os municípios do Agreste, que estavam na Etapa 2 do Plano de Convivência com a Covid-19. Dado avanço permite o funcionamento das lojas de varejo de rua, os salões de beleza e estética. E ainda comércio de veículos, com 50% da carga, construção civil, com 100% do efetivo, e shoppings centers com atendimento presencial.

Já as cidades situadas na Macrorregiões III e IV,  que compreendem o Sertão pernambucano, permanecem ainda na mesma fase. Os dados de saúde desses  municípios, no momento, não permitem o avanço dessa região no Plano.

Feita pelo Gabinete de Enfrentamento à Covid-19 de Pernambuco, a avaliação do cenário acontece de forma contínua. Dentre os indicadores considerados estão o número de casos registrados, de óbitos, pressão sobre a rede hospitalar, entre outros fatores. Essa análise permite, caso necessário, a implantação de medidas restritivas específicas e a possibilidade de recuo das regiões na retomada das atividades econômicas.

(*) Crédito da foto: Sol Pulquério/PCR

Comentários