R1 lança app voltado a organizadores de eventos

R1- appCecere: queríamos algo que fosse único e revolucionário

Visando oferecer soluções práticas e rápidas aos profissionais especializados em organizações de eventos, a R1 Audiovisual agora possui um aplicativo voltado a esse mercado. Com apenas 14.8 MB, a ferramenta está disponível na Apple Store e Google Play. Basta pesquisar o nome da empresa nas plataformas e fazer o download gratuito no celular.

Após um rápido cadastro, o usuário é direcionado à página inicial com menu interativo, com informações da conta e serviços disponíveis. Entre as ferramentas, estão as opções “Orçamentos” e “Simuladores”, principais soluções oferecidas pelo app.

Desenvolvida pela 42Labs, empresa pertencente ao conglomerado, a tecnologia foi criada com o intuito de ser uma solução útil no dia a dia de profissionais de eventos. “Além das atualizações em tempo real, em especial do nosso blog, o usuário pode solicitar orçamentos ou até mesmo fazer simulações de modelos de projetores, gerador de energia, painel de LED ou de links de internet. Basta informar as características do evento que o app faz o cálculo na hora, sem burocracia”, explica Raffaele Cecere, presidente do Grupo R1.

A aba de orçamentos possui a mesma funcionalidade. O usuário preenche os dados que são diretamente enviados a equipe comercial da empresa. “Nunca tivemos a intenção de ter um app para falar apenas da R1; queríamos algo que fosse único, revolucionário. Estou muito feliz com o resultado”, comemora Cecere. 

R1: 15 anos 

Em 2019, a R1 completa 15 anos de operações. Com resultados significativos no mercado de audiovisual, a empresa iniciou as ações comemorativa no Lacte 14, realizado em fevereiro. Durante o ano, outras novidades serão anunciadas para marcar o aniversário do grupo. “Este é um ano muito importante para nós, já que temos metas arrojadas e muitos projetos em vista. O aplicativo chega para coroar este começo de ano intenso que estamos vivendo. Mais novidades estão por vir, sem dúvida”, garante Cecere. 

(*) Crédito da foto: Divulgação/Grupo R1

 

Comentários