Rede Selina investiu R$ 3 milhões em unidade na Vila Madalena

selina- vila madalenaUnidade oferece 46 quartos que podem ser privativos ou compartilhados

Inaugurado no dia 31 de agosto, o Selina Vila Madalena marca a estréia da rede na capital paulistana. Com conceito de hospedagem moderno, a marca escolheu o bairro mais boêmio de São Paulo por seu dia a dia movimentado e ruas que transpiram lazer e cultura. O aporte no empreendimento totalizou R$ 3 milhões.

“Poucas regiões de SP conseguem aglutinar tanto do que é essa cidade tão diversa, como a Vila Madalena. Ela acolhe, desafia, diverte, alimenta e inspira a todos que vão, vêm ou fiquem nela. Então naturalmente que seja o lugar escolhido pelo Selina para aportar em SP, essa louca metrópole tão única. Vila Madalena sintetiza localmente parte do que a marca representa”, explica Flávia Lorenzetti, head da rede no Brasil.

Localizado na conhecida rua Aspicuelta, a unidade oferece 146 camas divididas em 46 quartos, entre suítes, privativos e compartilhados. Os hóspedes  podem aproveitar Selina Home, espaço com cozinha comunitária, biblioteca e cinema. No piso térreo, um food truck com snacks ao estilo Grab & Go está disponível para aqueles que desejarem fazer um lanche rápido.

Complementando a infraestrutura, o Selina Madalena possui um pátio criativo que receberá eventos culturais. No cardápio, opções de bowls e wraps saudáveis e veganos podem ser degustados. Dividindo o mesmo espaço, o bar do hotel conta com uma carta de drinks com receitas clássicas como Negroni e Mojito. A unidade também traz obras de artistas que estão em evidência pelas ruas de São Paulo, como Hanna Lucatelli e Apolo Torres, decorando as áreas comuns.

Segundo Flávia, o empreendimento foca em hóspedes que viajam tanto a lazer quanto a trabalho, disponibilizando um espaço de coworking. “Recebemos pessoas que gostam de viajar e celebrar a música e a arte, assim como nós”, afirma. 

Selina: expansão

Apostando forte no Brasil, a expectativa da rede é atingir US$ 50 milhões em investimentos nos próximos cinco anos, com a possibilidade de abrir até 40 hotéis. A primeira unidade da marca por aqui foi aberta na Lapa, no Rio de Janeiro, no final de 2018. Além da Vila Madalena, a Selina inaugura ainda este ano um empreendimento na rua Aurora, no centro de São Paulo.

(*) Crédito da foto: Divulgação/Rede Selina

Comentários