Rio de Janeiro criar setor para monitorar o que é dito sobre o destino na mídia

Rio de Janeiro - Reunião CETFelix, ao centro, ao lado de Nagy (à sua direita) na reunião do CET

A partir de julho, o Rio de Janeiro terá um departamento que reforçará pontos positivos do destino para a mídia nacional e internacional. O chamado Rio Press Office foi apresentado oficialmente hoje (26), durante reunião do Conselho Estadual de Turismo (CET), na Fecomério-RJ

No encontro, Michel Nagy, diretor do Rio CVB (Rio Convention & Visitors Bureau), ressaltou que vários destinos já contam com esse tipo de departamento. A função primordial é monitorar a mídia, desmentir os chamados fake news e produzir conteúdo enaltecendo as qualidades locais.

“O Rio de Janeiro é referência mundial quando falamos em turismo brasileiro. Todos os fatos que acontecem no nosso estado repercutem internacionalmente com uma velocidade avassaladora”, destaca Nagy. Segundo ele, fatos que acontecem a centenas de quilômetros acabam sendo relacionados à cidade. “O Rio Press Office será fundamental para rebater esses equívocos”, completa.

O diretor do Rio CVB esclareceu que o Rio Press Office permite acesso a mais de 400 mil jornalistas. Em relação ao material que será produzido, Nagy disse que não apenas assuntos relacionados ao turismo. Temas ligados à ciência e tecnologia, bem como a outros segmentos, estarão em destaque.

Rio de Janeiro: nova folheteria

Também na reunião, foi apresentado o material promocional que será divulgado pela TurisRio (Companhia de Turismo do Estado do Rio de Janeiro) em eventos nacionais e internacionais. Em fase final de produção, os folders e folhetos abrangem as regiões turísticas prioritárias no estado, além de mapas da cidade e conteúdo sobre o interior fluminense, caso da Baixada Verde.

“Nosso Guia Rio+3, que vem sendo distribuído incansavelmente, também está agora disponível eletronicamente, em mais de 200 representações diplomáticas”, destacou Nilo Sergio Felix, secretário estadual de Turismo do Rio de Janeiro. “Além disso, as empresas áreas Ibéria e British Airways receberam, cada uma, 1 mil exemplares do livreto”, acrescentou.

(*) Crédito da capa: Nuno Lopes/Pixabay

(*) Crédito da foto: Divulgação/Setur-RJ

Comentários