Setur-RJ: queda de indicadores criminais favorece turismo no Carnaval

Setur-RJ segurança carnavalSegundo dados da PM, 10 indicadores tiveram redução

Os índices criminais no Rio de Janeiro tiveram queda no Carnaval de 2019, que tinha previsão de lotação nos hotéis. Frente igual período de 2018, foi registrada redução em 10 indicadores avaliados. Na avaliação da Setur-RJ (Secretaria Estadual de Turismo do Rio de Janeiro), o decréscimo favorece o turismo fluminense.

Dados preliminares, divulgados pela PMERJ (Polícia Militar do Rio), indicam redução de 39% em casos de homicídios dolosos na comparação anual. No mesmo comparativo, o balanço também mostrou queda de 36% nos estupro (de 138 para 88). Lesões corporais diminuíram 11% (2224 para 1974) e mortes por intervenção policial também caíram. Foram 12 mortos por PMs em 2019, 30% a menos do que as 30 ocorrências em 2018. 

Para Otavio Leite, secretário estadual de Turismo do Rio, o importante é constatar que a política de segurança pública vem funcionando. “O setor do turismo tem recebido atenção especial. Estamos avançando e vamos virar o jogo”, afirma. 

Setur-RJ: outros dados 

Levantamento da PM também mostra que houve queda em crimes contra o patrimônio. Roubos a transeuntes, por exemplo, caíram 38% em relação ao ano passado. Na mesma base de comparação, os arrastões diminuíram 39%, enquanto os furtos de celular cederam 40%. Já os roubos no comércio recuaram 52%.

Roubos de veículos e de carga também apresentaram queda na comparação entre o carnaval de 2018 e 2019. O primeiro indicador apresentou recuo de 38%, enquanto o segundo teve diminuição de 18%.

(*) Crédito da foto: Alexandre Macieira/Riotur

Comentários