Slaviero Hotéis aumenta receita em 2019 e lança projeto de franquias

Slaviero Hotéis - Eraldo Santana e Cincinato Lui CordeiroSantanna e Cordeiro: projeto de franquias é aposta para expansão no triênio

A Slaviero Hotéis fechou 2019 com bons indicadores e receita em expansão. Em linha com os números do FOHB (Fórum de Operadores Hoteleiros), a rede paranaense teve incremento de RevPar puxado pela alta na diária média. Com isso, a receita bateu na casa de R$ 200 milhões, 9,5% superior ao ano anterior, apesar do leve avanço da ocupação. As informações foram divulgadas hoje (18), em coletiva no Slaviero Essential Jardins, em São Paulo.

Participaram do encontro Cincinato Lui Cordeiro e Eraldo Santanna, diretores de Vendas e Marketing e de Operações da Slaviero, respectivamente, que também fizeram projeções para 2020. Entre as novidades anunciadas, além de seis aberturas já confirmadas, os dois executivos apresentaram o projeto de franquias da rede. 

“Nossa estratégia de crescimento está calcada em uma expansão geográfica e no projeto de franquia. O segundo é um norteador para o próximo triênio. Vale ressaltar que já temos quatro hotéis franqueados em nosso portfólio. Agora, contudo, vamos fazer uma prospecção mais ativa. Vemos bastante potencial para nossas marcas econômica e midscale”, afirma Santanna.

Mirando hotéis independentes, o projeto segue modelo similar ao visto no mercado. Nele, a Slaviero assume a distribuição dos hotéis, fornecendo treinamentos para equipe e adequando atendimento e decoração aos padrões da rede. Além de cobrar uma taxa mensal, a empresa oferece serviços adicionais como auditoria, contabilidade e folha de pagamento, entre outros.

“Estamos lançando o projeto de franquia em 2020, mas acreditamos que ele dará frutos mais consistentes a partir de 2021. Nosso budget para este ano, por exemplo, não contempla o projeto de franquias. Ainda assim, acreditamos que devemos assinar alguns contratos nesse modelo ainda este ano”, acrescenta Cordeiro.

Slaviero Hotéis: balanço e projeções

Em 2019, a rede paranaense registrou alta nos três principais indicadores do setor. Como citado, o RevPar subiu 9,6% frente a 2018, impulsionado pela alta de 8,4% na diária média. Já a ocupação avançou 1% na mesma base de comparação. Santanna ressalta que os percentuais levam em conta a mesma base de hotéis do ano anterior. Com isso, exclui as duas inaugurações em Campina Grande (PB) e Curitiba – Aeroporto

“Estamos em um momento bastante interessante no mercado, com otimismo grande no setor e nem mais falamos tanto em crise. Começando por São Paulo, e isso vem se estendendo para outras praças”, disse Santanna. “Vivemos um movimento de expansão de diária média, algo que não ocorria desde 2015 no país. Além disso, os números mostram o bom desempenho de nossa bandeira midscale (Essential), que respondeu pela maior fatia da receita, com R$ 116,4 milhões”, acrescentou Cordeiro.

Para 2020, além das três aberturas já realizadas (Vitória, Guarapuava e Curitiba – João Bettega), a Slaviero já tem cinco inaugurações confirmadas. São elas: Essential Manaus (143 UHs/abril); Slaviero Baixio (29 UHs/junho); Fast Sleep Guarulhos (19 UHs/setembro); Essential Chapecó (144 UHs/agosto); Essential Rondonópolis (120 UHs/novembro). Já o Residence Campina Grande by Slaviero, que fica no mesmo complexo que entrou em operação no ano passado, ficou para 2021.

“Na expansão recente há muitos projetos de new building, muitos dos quais estávamos desde o planejamento inicial. No entanto, estamos sempre de olho em oportunidades de conversão, como foi o caso de Vitória”, comentou Santanna. “Nosso objetivo é continuar crescendo organicamente, expandindo em cidades e estados onde não estamos presentes. Além disso, queremos firmar nossa bandeira econômica no mercado”, completou Cordeiro, que estima a receita da empresa este ano na casa de R$ 250 milhões.

(*) Crédito das fotos: Vinicius Medeiros/Hotelier News

Comentários