Statista: faturamento do mercado de luxo deve crescer 7,3% em cinco anos

Statista: faturamento do mercado de luxo deve crescer 7,3% em cinco anosSegmento de luxo já representa 14% da receita total, diz relatório

O turismo global obteve neste ano um faturamento de US$ 5,9 trilhões, e a previsão é de crescimento para os próximos anos. O destaque é o turismo de luxo, que deve crescer 7,3% no faturamento nos próximos cinco anos, contra uma taxa de 6,4% para o mercado de uma forma geral. Os dados são de um relatório do escritório Statista.

De acordo com o documento, os Estados Unidos têm o maior mercado de luxo do mundo, com um valor de US$ 263 bilhões. A China vem em segundo lugar com aproximadamente US$ 90 bilhões. Prevê-se que os segmentos de alto padrão da China e da Índia cresçam mais rapidamente nos próximos cinco anos, principalmente impulsionados pelo desenvolvimento do mercado doméstico.

Statista: mercado de luxo responde por 14% da receita total

Friedrich Schwandt, fundador e diretor Executivo da Statista, diz que hoje o mercado de luxo já responde por uma fatia de 14% do mercado total. "Uma tendência importante nos últimos anos é o aumento das viagens multigeracionais. As famílias estão buscando uma oportunidade de passar um tempo de qualidade juntos e fortalecer os laços", explicou.

Ele disse ainda que, à medida que a geração do milênio e a geração Z ganham influência econômica, outros aspectos das viagens como a aventura, a exclusividade e a sustentabilidade também se tornam vitais.

Os pesquisadores identificaram destinos populares com base nas maiores receitas internas totais de turismo em suas regiões. O mercado de turismo e viagens mostrado pela Statista inclui produtos característicos, produtos conectados e outros serviços e bens relacionados ao turismo. Os viajantes de luxo deste estudo foram definidos por seus ativos: possuem ativos líquidos de mais de US$ 1 milhão e gastam uma média de US$ 2,4 mil por dia de viagem.

No Brasil, o mercado de luxo também vem ganhando espaço. Recentemente, houve a inauguração do Fairmont Rio de Janeiro Copacabana, sendo o primeiro da marca Fairmont Hotels & Resorts na América do Sul. Agendada inicialmente para maio, a inauguração do hotel era amplamente esperada pelo mercado hoteleiro de luxo. 

(*) Crédito da foto: Pixabay

Comentários