STR: Londres mantém ritmo em dezembro; Dubai patina

LondresLondres teve alta de 17,8% no RevPar no dia da virada

Depois de um novembro positivo, a hotelaria londrina manteve o ritmo no último mês de 2018. A cidade britânica registrou crescimento nos três principais indicadores do setor, incluindo dígitos duplos no RevPar. Na contramão da capital inglesa, Dubai teve queda em todos os índices, informa a STR.

Analistas da empresa avaliam que o mercado londrino foi favorecido pela alta de 7,3% na demanda (room nights vendidos). O indicador superou o crescimento na oferta (quartos disponíveis), que foi de 2,3%. Além disso, dados da STR mostram que a noite de Réveillon apresentou a melhor performance do mês, com o RevPar expandindo 17,8% (para £ 219,39). A base de comparação é contra dezembro de 2017.

Com isso, no acumulado de dezembro, Londres registrou crescimento de 11,4% no RevPar (para £ 128,09). Em paralelo, a ocupação e a diária média cresceram 5% (para 81,9%) e 6,2% (para £ 156,47), respectivamente. 

STR: Dubai

Já o emirado viu a oferta (+8,6%) superar a demanda (+5,6%) ao longo do mês de dezembro, o que foi determinante para o desempenho decepcionante. Ainda assim, o dia da virada registrou ocupação elevada, de 97,1%, resultado 1,9% superior ao atingido em 2017. Além disso, a hotelaria de Dubai encerrou o mês com cinco noites acima de 90% no indicador.  

No geral, Dubai – que tem o maior pipeline do Oriente Médio, segundo a Lodging Econometrics – registrou decréscimo de 6,9% em RevPar (para US$ 163,64), enquanto a diária média caiu 4,3% (para US$ 206,62). Por fim, a ocupação cedeu 2,7% (para 79,2%). A base de análise é também frente a igual período de 2017.

(*) Crédito da foto: Sabrina Mazzeo/Unsplash

Comentários