Voe Pass e MAP terão voos diretos entre Ponta Grossa e São Paulo

voepassA empresa será a única companhia aérea a disponibilizar voos diretos para Congonhas

A partir do dia 10 de janeiro, a Voe Pass Linhas Aéreas - antiga Passaredo - em parceria com a MAP Linhas Aéreas passa a oferecer uma operação direta ligando Ponta Grossa (PR) e o Aeroporto de Congonhas, em São Paulo. Com a nova rota, a companhia contará com 35 destinos atendidos no país.

De acordo com Eduardo Busch, CEO da Voe Pass, a empresa contou com o apoio do governo do Paraná e da prefeitura de Ponta Grossa para dar início aos voos.  “Buscamos oferecer voos focando o mercado regional, em localidades estratégicas. Ponta Grossa e região tem um enorme potencial, hoje mal atendido. Nossa proposta é ampliar esse atendimento para Congonhas - que é o mais importante destino do Brasil”.

Com dois voos diários e diretos, as operações serão realizadas nos horários de Ponta Grossa  para São Paulo às 09h35, de segunda, terça, quarta e sexta-feira, e às 09h45, às quintas-feiras. Já no período da noite, de segunda-feira a sexta-feira, os voos serão às 19h50. Nos finais de semana, os passageiros terão opção de embarque da cidade paranaense para a capital paulista aos sábados, às 11h15 e, aos domingos, às 19h45.

No sentido contrário, a empresa disponibilizará voos às 07h25, de segunda à sábado. No período da tarde, os horários serão às 14h25, de quinta-feira, e às 17h30, de segunda, terça, quarta e sexta-feira. Já aos domingos, a opção de voo partindo de São Paulo (SP) será às 17h25.

Além do mercado corporativo, as operações também atenderão o fluxo turístico, tanto para São Paulo quanto para destinos da região de Ponta Grossa, como por exemplo, o Parque Estadual de Vila Velha. Os voos serão operados por aeronaves ATR72, com capacidade para 70 passageiros.

Voe Pass: outros voos

Cumprindo o acordo feito com o governo de São Paulo, a Voe Pass anunciou outras operações este ano. Uma delas é a ligação entre São Carlos e Votuporanga, no interior do estado, com dois novos voos entre os municípios.

(*) Crédito da foto: Guilherme Dotto/rao_spotter

 

 

Comentários