Wyndham faz reestruturação e Alejandro Moreno deixa a companhia

Wyndham Alejandro MorenoMoreno assumiu a liderança da Wyndham na região em 2019

Maior franqueadora da hotelaria mundial, a Wyndham Hotels & Resorts anuncia hoje (8) restruturação organizacional global. Com a mudança, a rede norte-americana diminui de cinco para três sua regiões de atuação, integrando as Américas (anteriormente divididas em Américas do Norte e Latina e Caribe). Neste movimento, líderes regionais importantes deixam a empresa, caso de Alejandro Moreno, outrora CEO para América Latina e Caribe.

O Hotelier News teve acesso a documento interno da empresa que relata todas essas informações. Na mensagem, Geoff Ballotti, CEO da Wyndham, destaca a crise sem precedentes no setor, que vem gerando atrasos nas abertura de hotéis e queda significativa de receita da companhia. “Em resultado, estamos sendo obrigados a tomar decisões muito dolorosas esta semana, o que inclui desligamento e licenças, com validade a partir de 1º de junho”, diz o comunicado.

Em relação à América Latina e Caribe, região outrora liderada por Moreno, cada vice-presidente (Financeiro, Operações, Jurídico, Novos Negócios e Marketing) passará a responder diretamente ao CEO para Américas. Para a função, foi nomeado Scott LePage, que trabalha há 10 anos na Wyndham e que anteriormente ocupava o cargo de vice-presidente executivo de Gerenciamento de Operações.

Wyndham: reorganização 

Agora, com o enxugamento, a rede norte-americana passa a contar com apenas três regiões: Américas; EMEA (Europa, Oriente Médio e África), que não sofreu alterações; e Ásia Pacífico, que une as operações de China e Sudeste Asiático, outrora separados. Além de LePage, os demais CEOs nomeados são Dimitris Manikis (EMEA) e Joon Aun Ooi (Ásia Pacífico).

“Para os membros de nossa equipe impactados (pela reorganização) esta semana, expresso minha total solidariedade e agradeço tudo que vocês fizeram pela Wyndham ao longo dos anos”, afirma Ballotti.

(*) Crédito da foto: Divulgação/Wyndham Hotels & Resorts

Comentários